Imagens das páginas
PDF
ePub
[ocr errors]
[merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][ocr errors][ocr errors][merged small]
[ocr errors]

li.

LISBO A. M.DCCC.XXXIII.

NA TY PO G R A PHIARO L L A N DIAN A.

wanam
POR ORDEM SUPERIOR.

P R O L O GO

NO QVARTO E QVINTO LIVROS DA HISTORIA

do descobrimento & conquista da India pelos Portugueses. Dirigido á serenissima & excelentissima Princesa dona Ioana nossa senhora.

Por Fernão lopez de Castanheda. Antiguo custume he em Persia, & q se guarda è toda Asia serenissiina & excelentissima Princesa nossa senhora, nenhũa pessoa visitar sem presente a elrey, nem a outras pessoas reaes : porque se tem por grande sinal damor & obediencia : custume muyto notavel & digpo de ser vsado em toda parte: porğ são nossos señores na terra, & na que he sua viuemos : & temos nossas fazendas & nos dan leys per ở somos gouernados & regidos : & finalměte nos mantem em paz & em justiça que he parte da bem auenturança deste mundo Polo que não somete os deuemos de visitar com presentes do ĝ temos, mas ler as vontades muy próptas pera seu seruiço. E seguindo eu este custume auēdo de visitar V. A. como seu vassalo lhe quis fazer hủ presente: mas de s se pode ele fazer a V. A. princesa tão singular dos bệs dalma & da fortuna sobre todas tã excelentemente dotada, ģ cô ho muylo ĝ lhe deles sobeja podião outras ser be auěturadas. Deyxo agora a nobreza & antiguidade de vosso esclarecido sangue de todas as partes, dos mais excelêtes peradores Dalemanha, de lãtos & tão famosos & bě auěturados Reys do antigo & muyto nobre sangue dos godos, abasta ser V. A. filha dağlles dous lumes do můdo, Carlos quinto rey dos Romãos & Emperador Dalemanha & rey de Castela & doutros ē espanba & fora della , & señor de grades senhorios : cuja boa fortuna foy em täto crecimělo q per seus capitães

LIVRO IIII.

*

rompeo cổ estrago espătoso ho căpo de Frăcisco Rey de França, que nele estaua em pessoa com poder que parecia inuenciuel, & ho desbaratou & prēdeo com muytos senhores de Fråça : a quem ho Turco terror do mundo entrando com seu temeroso exercito por Vngria volueo as costas & não ousou dir auante cổ medo de pelejar com sua magestade que tinha diãte: & cỏ ardentissimo zelo da gloria do elerno Deos todo poderoso & da religião christaa, esquecido dos immensos trabalhos da guerra, penelrou polas frialdades grandissimas da alta Alemanha, & desbaratou aquelas duas crueis & danosas bestas, cabeças & colunas da pessima & abominauel heresia luterana ho duque de Saxonia & ho Lantgrauio : & someteo todas aquelas terras que estauão corruptas desta maluada heresia a santa Se A postolica : & fez outras muytas & muy notaueis cousas, que deixo por não parecer que screuo historia. Ho outro lume do mundo foy sua molher a emperatriz dona Isabel vossa nay, exemplo de todas as virtudes, q com tanto assessego gouernou Castela, & os outros Reynos despanha : em tanlos annos que S. M.-soy ausente, que nunca seus vassalos ho acharão menos, & pera que lhe não faltasse nenhũa cousa pera ser a mais bem auenturada princesa do seu tempo, casou com ho muyto alto Principe dom Johão nosso senhor herdeiro da real casa de Portugal, & de seus grandes senhorios, nacido do vosso real tronco que não tem enueja a neohů dos principes Cristãos assi em ser zeloso do culto diuino, piadoso pera os pobres & necessitados, manitico liberal & benigno pera ludos: amigo dos caualeiros, & muy prólo è ouuir suas façanhas: & muylo dado a ludo estudo das boas letras, em quě se achão todas as boas & virtuosas inclinações que conuem a hů bom principe, & sobre ludo lhe deu nosso senhor hû singular dom, que he lào sogeito a rezão que posto que lhe pareça q The të feitos grandes erros, com lhe darem rezão fica logo satisfeilo. E pera que me detenho eu em cousas lam notorias, nem pera que he ter isto por muyto, pois não se espera menos de

« AnteriorContinuar »