Integralismo e política regional: a ação integralista no Maranhão (1933-1937)

Capa
Annablume, 1999 - 135 páginas
O Brasil abriga a maior comunidade de japoneses e descendentes fora do Japão, como também é um dos países de maior difusão das religiões de origem nipônica. Este fato, no entanto, ainda não mereceu a devida atenção dos pesquisadores brasileiros. O livro de Leila Marrach vem, portanto, preencher essa lacuna. O leitor encontrará nesta obra uma descrição sociológica do grupo religioso japonês que mais se popularizou no Brasil, a Seicho-no-Ie. Este grupo deixou de se restringir a uma minoria étnica para se tornar uma religião de conversão, no final dos anos 60, num momento em que o cenário religioso brasileiro foi revolucionado por novas modalidades de práticas religiosas.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Páginas selecionadas

Conteúdo

PREFÁCIO
11
Instalação do integralismo no Maranhão
23
A caravana de Gustavo Barroso
31
Os integralistas e as eleições de 1934
40
O PROCESSO DE EXPANSÃO EM 1935
49
O combate ao comunismo
66
O integralismo e seus aliados
98
Continuidade da expansão da AIB até seu fechamento
105
Direitos autorais

Outras edições - Visualizar todos

Termos e frases comuns

Referências a este livro

Informações bibliográficas