Metáforas nas ciências sociais, As

Capa
Editora Humanitas, 2005 - 451 páginas
Este livro traz um tema discriminado pelos empiristas lógicos neopositivistas, que opunham o ideal da linguagem literal e formalizada ao discurso metafórico, a constatação da presença do uso de metáforas na linguagem corrente e nas linguagens eruditas, científicas e filosóficas, fez emergir, a partir dos anos setenta, um novo problema de investigação na metodologia das ciências naturais e na metodologia das ciências sociais. Este instrumento de reconstrução permitiu reorientar a elaboração compreensiva das teorias sociais e sofisticar o estatuto cognitivo pluralista da fundamentação das ciências sociais. Este livro, como foi em língua inglesa o livro de Richard H. Brown 'A Poetic for Sociology', representa a melhor apresentação conjunta das teorias da metáfora analíticas e hermenêuticas existente na literatura especializada contemporânea e, sua leitura e estudo, serão de grande interesse para sociólogos, antropólogos, críticos e historiadores literários e lingüistas - sejam estudantes ou pesquisadores.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Conteúdo

Introdução
7
Capítulo I Linguagem e sociedade
23
Capítulo II As metáforas e o conhecimento
101
Capítulo III O sentido da metáfora
207
Capítulo IV A metáfora e o mundo social
315
Considerações finais
389
Bibliografia
413
índice remissivo
435
Direitos autorais

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas