A Igreja no Novo Testamanto

Capa
Editora Sinodal, 2005 - 384 páginas
Esta obra representa um estudo abrangente da eclesiologia neotestamentária. São considerados todos os escritos ou grupos de escritos do Novo Testamento, bem como as várias gerações de cristãos que os representam. O autor dá destaque para a relação da Igreja com os judeus e o judaísmo, bem como para a abertura ecumênica inerente à eclesiologia neotestamentária. Outras questões analisadas ao longo dos vários capítulos compreendem a relação entre Igreja e sociedade, carisma e instituição, cargos e funções, liberdade e disciplina, unidade e dispersão, fé e descrença.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

pag 13

Conteúdo

Introdução
7
o Jesus
13
Paulo
94
o Evangelho
159
a obra
212
as Cartas
248
as Cartas Pastorais
279
a Primeira Carta de Pedro
298
os escritos joaninos
322
diversidade e unidade da compreensão
344
Bibliografia
361
índice de textos
371
índice remissivo
381
Direitos autorais

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas