Arquitetura popular brasileira

Capa
Martins Fontes, 2005 - 333 páginas
Dentro do ensino da arquitetura no Brasil, somente é valorizada a arquitetura erudita. Isso se materializa em longas disciplinas sobre a história da arquitetura européia cujos princípios dariam o cabedal necessário para que nossa produção pudesse aspirar ao status de uma arte digna. Ainda hoje, sem a inspiração nas fugazes estrelas da arquitetura dita pós-moderna, continuaríamos relegados ao atraso. A obsessão em imitar a última moda da arquitetura internacional nos fez esquecer de nosso próprio umbigo. Especialmente quando se trata da arquitetura popular. Poucas nações tiveram uma formação cultural tão diversa como o Brasil, o que significa uma ampla variedade de heranças de construções. Mais do que isso, as dimensões continentais do país, com a grande diversidade de climas e ecossistemas, propiciaram múltiplas adaptações dos modelos trazidos pelos imigrantes desde a Rússia ártica, a costa e a contracosta africana até, naturalmente, os mais diversos países europeus. Entre essas adaptações não podem ser esquecidas as muçulmanas, que nos foram legadas pelo colonizador. É esse universo virgem que esta obra pretende explorar.

De dentro do livro

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Conteúdo

Apresentação
xiii
Como mora o povo brasileiro
li
as contribui
39
Direitos autorais

8 outras seções não mostradas

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas