Uma história do romance de 30

Capa
EdUSP, 2006 - 707 páginas
3 Resenhas
Este livro apresenta uma nova visão sobre o romance da década de 1930, que tem sido geralmente dividido apenas entre regionalistas e intimistas. Com uma leitura abrangente não só dos romances, mas também das críticas, Luís Bueno propõe uma divisão temporal em três fases, visando abranger a variedade da produção do período. Essa história foi construída de modo a evidenciar o movimento de uma dúvida cética, que caracterizava os anos iniciais da década, a um novo estado de dúvida decorrente da polarização política entre esquerda e direita. Os capítulos finais são dedicados às obras de quatro autores em que Bueno pode analisar as complexas soluções para o problema da representação do outro. A escolha por Cornélio Penna, Dyonélio Machado, Cyro dos Anjos e Graciliano Ramos se deve à sua capacidade de construir um painel sintético e problematizador do romance de 30.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

era uma vez um rapaz tao belo príncipe chamado romeu ele era filho de camponeses e certa ver olhou para uma das janelas e disse;que bela princesa o nome dela era julieta bonita e linda

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

a cada um amor e mais importante do que
muitas coisa
QUEM NÃO GOSTA DE amar?

Conteúdo

I
11
II
29
III
31
IV
43
V
81
VI
83
VII
103
VIII
159
IX
401
X
523
XI
525
XII
551
XIII
577
XIV
597
Direitos autorais

Outras edições - Visualizar todos

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas