Humanizando nascimentos e partos

Capa
Editora Senac São Paulo, 2005 - 198 páginas
Diferentes profissionais analisam os partos e nascimentos privilegiando o aspecto humano numa sociedade dominada pela técnica. Médicos, psicólogos, pediatras, parteiras e educadores contribuíram para o conceito de humanização, conquistando lugar nas corporações médica e de enfermagem, criando voz na mídia e alcançando a aprovação da opinião pública e do Ministério da Saúde.

Informações bibliográficas