Livro Tibetano Da Vida, Da Morte E Do Renascimento

Capa
Editora Pensamento - 144 páginas
1 Resenha
Tradicionalmente, os budistas tibetanos podem ser ou 'eruditos' ou 'mágicos'. Os eruditos vivem em mosteiros, praticando o celibato, a disciplina e o debate filosófico. Os mágicos são eremitas andarilhos, que praticam um ascetismo extremo ou rituais tântricos. 'O livro Tibetano da vida, da morte e do renascimento' investiga essas duas correntes da crença budista tibetana, assim como a religião Bon, ainda mais antiga, para apresentar um relato atraente de uma das culturas mais espetaculares do mundo. O Tibete é o lar de uma sabedoria profunda e complexa, caracterizada por uma fusão fascinante do Budismo com a antiga religião Bon. Do Budismo, vem a ênfase na compaixão, no ascetismo e na iluminação, enquanto da tradição Bon vem a preocupação com a cura xamânica, as forças demoníacas e a luta entre o bem e o mal. O livro analisa os temas centrais da crença tibetana com relação a questões vitais; como viver (inclusive, como meditar e rezar), como se preparar para a morte, como transpor o aterrorizante estado de transição conhecido como bardo, e como fugir do ciclo sem fim do renascimento. Estão incluídos também os ensinamentos do Tantra e dos lamas, assim como alguns textos sagrados - 'Um cântico de solidão', de Milarepa, e o venerável 'Livro tibetano dos mortos'. Com belas ilustrações que refletem a rica diversidade da iconografia tibetana, esta é uma obra cativante e esclarecedora para todos os que procuram uma compreensão mais precisa do espírito do Tibete.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Informações bibliográficas