Imagens da página
PDF
ePub

houvera a respeito do que elles requeriam que se lhes desse alem do que rezavam as suas provisões, remet. le uma minuta do que naquella provedoria constava que se mandara dar por ordem do governador daquella iiha Francisco de Souza de Menezes religiosos, que ali tinham sido mandados para capellães das fortalezas pelo Vice-Rei o Illm. Exm. Sr. Conde de

Azambuja (Original). fls. 270, 1. 1o. NOVEMBRO 26. Remette uma informação, que não poderá vir com as que

remetteu no officio acima numero 23 a respeito dos soldados dos cazaes, que alli tinham assentado praca voluntariamente: dá parte que em consequencia do officio do Sr. Vice de 2 de Outubro mandara intimar ao tenente Bartholomeu Fernandes Souto Maior que logo mandasse tirar a sua patente de capitão das ordenanças, e diz o mais, que com elle passara. (Ori

ginal) fls. 274, 1. 1o. » » Avisa da resolução, que tomara de mandar despedir os

quatro remeiros e patrão da canoa da fortaleza da Ponte Grossa e ordenar que na canoa desta forlaleza remem soldados, assim como nas das outras, promettendo aos que remarem nas canôas desta dita fortaleza, da barra do Sul, e da de Santa Cruz certa porção modica por mez: mostrando os motivos, porque isto é conveniente : com um post data avisa de ter recebido noticia de que na ilha de Ratonez algumas vezes com grande incommodo se não pode tirar agua da unica fonte, que alli ha, o que logo manda averiguar para lhe dar o remedio possivel.

(Original) fls. 284, 1. 1o. » 27. Representa o miseravel estado, em que a respeito de far

damento se acha o regimento daquella ilha, do qual á escesão de 80 ou 90 soldados, que se tinham fardado á sua custa, os mais até descalços andavam, e por isso nem exercicios podiam fazer com gravissimo prejuiso da disciplina militar, dá parte tambem de algumas providencias, de que se vai valendo para acudir ao menos ao necessario sustento do mesmo regimento, na impossibilidade de maior pagamento.

(Original).fls. 286, 1. 1o. DEZEMBRO. 3. Mostra os motivos, por julgar que seria conveniente

vender-se da estancia de Arasatuba as rezes, que nella se acham, e dispor-se da mesma estancia do modo, que fosse mais conveniente a fazenda real, e

mostra tambem os motivos por que emquanto não lhe consta va da resolução do Sr. Vice-Rey a este respeito, mandura ao tenente commandante da fortaleza do Sul, a quem dantes estava encarregada, que tornasse a tomar contas da mesma estancia, e que a este desse contas o capitão José Luiz Marinho da administração della, que posteriormente se lhe tinha encarregado, pela ordem, de que remette a cópia com a relação do que se achou na mesma estancia, da qual tambem consta a despeza, que com ella fazia actualmente a fazenda real; dá parte dos motivos por que mandou pôr em arrematação os direitos da passagem do Rio Embaú (Original, fls. 288

liv. 10). DEZEMBRO. 12. Em consequencia do officio do Sr. Vice Rei de 1 de

outubro refere individualmente tudo o que se tem passado com a residencia do hospital real daquella ilha, e o estado, em que se acham os edificios, em que tem estado mostra o motivo, por que se julga conveniente que a fazer-se hospitalnovo se edifique junto á residencia dos jesuitas servindo-se do quartel da companhia de granadeiros, e remetie o calculo da despeza que faria esta obra, e dá parte de um concerto que mandara fazer em um quartel, e no antigo hospital na casa da residencia dos jesuitas, e mais algumas providencias, que intenta, para interi. namente supprir a falta do novo hospital com mais commodidade dos doentes, e economia da fazenda real, e que já para este interino hospital (que pouerá bem servir uns poucos de annos) no dia 9 deste mez mandara mudar os doentes abolindo as curas, existencias, que até ali se lhes faziam em casa de cada um pela falta de commodidade no hospital, que até então havia: dá tambem parte de outros concertos de despeza moderada necessarios, que está para mandar fazer em outros edificios, que respeitão ao serviço publico: em um P. D. avisa de que no sobredito novo hospital achara um quarto decente, que intentava destinar para nelle se curarem somente os officiaes, e cadetes ; e de que quando passara aquella ordem para os doentes se mudarum para o sobredito hospital, os que se curavam fóra, antes quizeram dar baixa do que ir para elle, no que mostravam serem afectadas as molestias: oponta um

meio de diminuir a despeza, que a fazenda real ali faz com tres cirurgiões, que actualmente servem naquelle hospital conservando-se só um, aponta qual destes lhe parece justo conservar-se, e qual nomear-se cirurgião-mór do regimento: remette uma relação do tempo, em que os ditos cirurgiões foram examinados, e do tempo, que tem servido. (Original),

fls 291, 1. 10. DEZEMBRO. 13. Remette o mappa da despeza do mez de outubro, e o

mappa das despezas do mez de novembro: remette tambem um extracto da despeza, que se fez com os concertos dos quarteis dos soldados e outro da despeza, que se fez com as casas, que haviam servir para hospital, e com as barras para os doentes : diz o modo por que pretende ir regulando o pagamento de todas as folhas : remelte mais a cópia authentica de um conhecimento de 319$20), que recebera Luiz Vaz Monteiro administrad:r e cobrador dos dizimos para entregar ao tenente commandante da villa de S. Francisco para pagamento de uma porção de farinha, que se tinha mandado buscar á dita villa por conta da fazenda real, e como o dito cobrador dos dizimos se perdeu na embarcação, e tudo o que levava, duvida se deve ou não a fazenda real haver aquella quantia da herança deste defunto, e pede ao Sr. Vice-Rei resolução sɔbre isto. (Original), fls. 306,

li. 10. 14. Remette a cópia da resposta, que linha dado a uma

carta do capitão Christovão de Almeida Correa commandante da Villa da Laguna com data de 28 de novembro antecedente, em que lhe dava parte de que tendo-lhe mandado dizer os officiaes, e mais pessoas que constavam de uma relação, que remettia que se achavam na barra, e que no seguintu dia lhes mandasse dar passagem, o que elle logo fizera, e como lhe pediam mantimento, recorria a elle governador para lhe determinar o que nisto devia obrar, como tambem solire o modo de se transportarem,

e suas bagagens. (Original', fls. 320, li. 1o. 18. Remette um conhecimento dos generos que ali entre

gou o mestre do navio Sacramento, remettidos desta Capital para fornecimento do hospital real da quella ilha: diz a despeza que ahi mandara pagar por aquella provedoria, as pessoas mencionadas no officio

antecedente, que por ordem do Sr. Vice-Rei eram chamadas do Rio Grande a esla Capital, pela falta das providencias necessarias, com que deviam ter sahido daquelle continente, a qual em um P. D. diz que por idéa do escrivão da fazenda reduzida sómente a 46$072 diz que logo expedira parada com a bolsa, e mais cartas, que nesta occasião recebera para o governador do Rio Grande. (Original), fls. 326, li. 1o.

INDICE

DOS

Officios dirigidos ao Illm. e Exm. Sr. Luiz de Vasconcellos e Souza

Vice-Rei deste Estado do Brasil pelo Governador da Ilha de Santa Catharina o Brigadeiro Francisco de Barros Moraes fraujo Teixeira Homem

1180

JANEIRO.. 7, Remette uma relação por mez das despezas, que no

anno antecedente se fez no hospital com a tropa, e
com os casaes mostrando que sempre a destes
excedia muito á da tropa, até ao dia 10 de dezembro,
do qual por diante a doente nenhum se continuou
a assistir pela fazenda real fóra do hospital; remelte
um mappa por onde mostra as rações, que no dito
hospital se davam aos doentes, e diz que parecen-
do-lhe exorbitantes, regular com economia, que
The pareceu justa, as sobreditas rações por estabele-
cimentos, que remette por cópia, que mandou
observar interinamente emquanto não consta se ha
para isso algum regimento de S. Magestade, ou
dos Srs. VV. R. R. deste Estado ; pede ao Sr. Vice-
Rei que defira com Jurevidade a representação, que
lhe fizera o ouvidor sobre as despezas da diligencia
de ir presidir as eleições dos Capitães-móres das
Villas da Laguna, e S. Francisco deverem, ou não
serem a sua custa, para se não demorarem as ditas
eleições : remette tambem a conta geral das dividas
daquella provedoria do anno de 1773, para traz.

(Original), fls. 5, 1. 2o.
24. Representa o estado da sua saude, afim de que chegando

a ordem para se ir ás demarcações do sul, se então se achar impossibilitado se não presuma, representando-o nessa occasião, ser pretexto afectado. (Original), fls. 19, 1. 2o.

« AnteriorContinuar »