Imagens da página
PDF
ePub

NOVEMBRO 27. Avisa ao dito Governador de que vão duas embracações

para transportar daquella ilha o resto da madeira e os 8.000 alqueires de farinha que se acham promptos, de que o mestre de uma dellas Sebastião Corrêa Sarrafama leva a importancia para o pagamento da mesma farinha e lhe recommenda que avise com antecipação, quando alli houver maior abundancia

deste genero. DEZEMBRO. 9. Remette a importancia de uma porção de coxonilha que

acompanhou o officio do dito Governador de 12 de novembro proximo.

17789

JUNHO.... 6. Remette a este Gɔvernador a importancia de 25$$ de

uma porção de coxonilha que veio pelo mestre do corsario de S. Magestade «SS. Sacramento», e 4503 para a factura dos pranchões que se encommendaram para os reparos de artilharia desta Capital : insinualhe o que se deve fazer praticar com o transporte dos mesmos pranchões e com o resto da farinha que se havia encommendado para os armazens reaes desta Capital ; e pergunta se falta ainda para vir al

guma madeira da encommenda grande. JULHO..... 4. Recommenda ao dito Governador que facilite a compra

das farinhas, que alli mandaram buscar para o forne. cimento da tropa do Rio Grande os contratadores da

quelle municipio. AGOSTO... 1. Responde aos officios do dito governador ns. 7 e 11

deste anno remettendo-lhe 326$720 de uma porção de cexonilla : e participa-lhe o modo por que fica cuidando na providencia de parocho para o estabe

lecimento do sertão. SETEMBRO. 19. Responde ao officio n. 8 deste anno remettendo o con

selho de guerra feito ao cabo do regimento da mesma llha João Alves da Costa e dando os motivos por que confirmara a sentença e porque demorara esta

resolução. DEZEMBRO. 2. Responde ao oficio deste governador n. 15; remel

tendo-lhe 126$320, importancia de uma porção de coxonilha e outra de linho canhamo : participa-lhe a providencia em que assentara com o bispo desta

diocese sobre o parocho para nova igreja que se

deve formar no sertão que principia a povoar-se e

lhe ordena o que a este respeito deve praticar. DEZEMBRO. 4. Determina ao dito governador que lhe remetta um

mappa da carga que dalli levar para Lisbôa o navio Diana pertencente ao contracto da pesca das balêas que vai daquelle porto carregar effeitos do mesmo contracto.

17790

Malo..... 15. Delermina ao governador interino que faça partir para

o Rio Grande o tenente Antonio Ignacio Rodrigues facilitando-lhe os transportes, assim como ao coronel Joaquim José Ribeiro da Costa quando alli chegar do Rio Grande para se recolher a esta Capital : e res

ponde ao officio do dito governador n. 7. 17. Remelte ao dito governador um requerimento do alferes

que foi do regimento daquella ilha João de Bittencourt Pereira Machado para informar sobre elle : e responde ao officio do mesmo governador n. 5 deste anno a respeito do que deve praticar com o capitão de auxiliares José Francisco de Souza Machado.

INDICE

DOS

Officios do governador da ilha de Santa Catharina dirigidos ao Illm. į

Exm. Sr. Luiz de Vasconcellos e Souza vice-rei è capitão general deste Estado do Brasil

[ocr errors]

ABRIL,... 17. Neste logar vão as reflexões, que fez o engenheiro Fran

cisco João Roscio sobre as difficuldades e embaraços, que achava, e era necessario vencer para se executar a demarcação de limites na divisão, que corresponde a esta Capital com a fronteira de Hespanha. Aqui pertencia uma sucinta resposta do governador da ilha de Santa Catharina ás sobreditas reflexões, de que faz menção o officio para corte deste mesmo anno 1779 n. IV, cujo o original se remetteu justamente com o dito officio e não ficou copia, porque não continha outra cousa, do que uma simples confirmação daquellas mesmas reflexões. ( Original )

fls. 15, 1. 10. MAIO..... 24. Responde o mesmo governador de Santa Catharina

Francisco de Barros Moraes Araujo Teixeira Homem ás sobreditas reflexões mais largamente. (Original)

fls. 29, 1. 10. JULH).... 7. Remelte o calculo da despeza, que alli faz a fazenda

reai por mez, e por anno pagando-se tudo o que se deve pagar : e outra da que actualmente se fazia, ficando por pagar quasi a metade do que se deve pagar ; remette lambem incluso no dito calculo o orçamento do rendimento que alli tem a fazenda real, o qual diz ser nesse anno mais diminuto em attenção á sua clausula favoravel ao contratador dos dizimos da mesma ilha, com que o Sr. Marquez antecessor lhe mandara arrendar os

ditos dizimos, a qual diz não ser conveniente : representa a consternação em que se acha ali por causa das dividas da fazenda real toda aquella ilha, achando-se a tempo sem fardamentos, nem soldos de muitos annos, e o mais credores tambem sem já poderem supportar tão grandes dividas, sendo uma das mais importantes a do boticario. Representa o estado em que se acham, e de que necessitam, para conservarem o armazem das farinhas, os reparos da artilharia, a igreja matriz, e outros edificios. Dá parte da resolução que tomara de mandar que a uns sargentos, que havia nas fortalezas da mesma ilha com titulo de almoxarifes, que percebiam além do soldo de sargento mais 160 réis, se pagassem mais, do que o soldo de sargento, por não apparecer ordem alguma para aquelle augmento de 160 réis; e remette a copia da portaria por que determinou isto, refere os meios, que vai procurando para ir supprindo tantas faltas, para as quaes pede efficazmente

as providencias necessarias. (Original) fls. 39, 1. 1o. JULIO .... 8. Representa que injustamente se cobram direitos das

passagens dos rios Araringuá e Manpituba pela provedoria da fazenda real do Rio Grande, devendo-se cobrar pela provedoria daquella ilha por onde antigamente se cobravão e aonde pertencem: pede-se que dêem providencias para se remediar isto, pelo prejuizo, que daqui se segue aos que cobram seus ordenados, e soldos pelas folhas ecclesiasticas, civil e militar daquella ilha, em virtude de uma ordem regia, de que remette a cópia por certidão: (Original) fls. 69,

liv. 1o. » Requer que se mande retirar da Villa da Laguna o ca

pitão de um dos regimentos desta capital Christovão de Almeida Corrêa (visto cessar o motivo por que o Sr. Marquez Vice-Rei antecessor. o mandara para ali ajudar ao capitão, que então na occasião da expedição das portas ali fora posto pelo mesmo senhor para governar aquella villa) e que dê primeiro contas na provedoria daquella ilha; requer tambem que ou se mande recolher ao regimento da mesma ilha, ou se lhe declare se está incorporado em algum regimento desta capital o alferes Francisco Gregorio Dormundo, para se lhe poder naquelle regimento juntar a nota de vago ao seu posto. (Original) fls. 75, liv. 1.

JULHO.... 12. Pergunta que se podem servir de presidentes dos con

selhos de guerra, o sargento-mór de auxiliares, e o capitão mais antigo e mandante, que estava servindo de sargento-mór no regimento. (Original) fls. 77,

liv. 1o. » Dá parte do abuso, que achara de se curarem no hos

pital real daquella ilha todos os pobres della, quando S. Magestade só o destinara para os doentes pobres dos casaes, que vieram das ilhas apovoar aquella, e seu continente; da pouca capacidade que tem a casa de residencia dos jesuitas, que actualmente serve de hospital, por terem os castelhanos arrazado o antigo, que acommodava 400 doentes; e da falta absoluta da roupa necessaria, em que se acha o mesmo hos. pital, o que, e a pouca capacidade da casa, obrigava a que a fazenda real supprisse aos pobres doentes para se curarem nas casas, o que cedia em prejuizo notavel da mesma fazenda real; por estes motivos pede nesta materia as providencias necessarias.

(Original) fls. 79, liv. 1o. » 14. Remette uma relação do que se deve pela provedoria da

fazenda real daquella ilha desde o anno 1774 até ao anno 1779, e no fim no que se reputa a duvida dos antecedentes, da qual diz que não remette já a relação por se não poder concluir com tanta brevidade, porque depende de maior averiguação. (Original) fls. 81,

liv. 1o. AGOSTO... 2. Faz algumas reflexões e pondera as duvidas, que se lhe

offerecem sobre o officio do secretario de estado Martinho de Mello e Castro, de 27 de janeiro deste anno de 1779 a respeito do modo de se executar a demarcação de limites em virtude do tratado preliminar, do qual officio o Sr. Vice-Rei lhe tinha remettido.

(Original) fls. 91, liv. 1o. » Diz o que continham as relações, que já tinha remettido

para esta capital no seu officio deste anno n. 3, e remette um mappa (segundo o modelo, que S. Magestade mandou aos regimentos) de todas as praças militares daquella ilha e dos seus respectivos vencimentos, assim no seu pé completo, como no actual ; e tambem remette uma relação do que ali se deve a fazenda real com os nomes dos devedores. (Original)

fls. 105, liv. 1o. 3. Pede que se lhe remettam os livros da secretaria do

« AnteriorContinuar »