Imagens da página
PDF
ePub

assistir Antonio da Rosa, mandado alli para aquelle fim, e nas noticias de que lá se persuadem as familias portuguezas prisioneiras que não voltem aos dominios de Sua Magestade Fidellisima: e requer que se proceda a novo exame legitimamente a respeito das ditas embarcações, e que se dê resposta

aos seus officios. Fls. 31, liv. 1o. MARÇO .... 30. Remette uma representação, feita e assignada pelos

prisioneiros portuguezes que dos dominios de Hespanha se tem recolhido a esta capital, em que se referem os trabalhos que soffrem os que se acham naquelles dominios, e as difficuldades que encontram para o regresso : e requer as competentes providencias para se evitar semelhante absurdo. Fls. 32 v.,

liv. 1o. ABRIL...... 19. Agradece aquelle vice rei a grande attenção que

lhe deveo o que lhe tinha participado sobre o modo porque aqui ao principio se portara o tenente de navio D. Raphael Maria Adorno, commandante do bergantin-La Virgem del Rosario-: diz que D. Manoel Brunel, que depois viera commandando a mesma embarcação, teve aqui o mesmo tratamento que o primeiro : e diz o motivo da pequena demora que ha de aqui ter Luiz Cobos, que por ordem de Sua Magestade Catholica conduz a collecção de instrumentos mathematicos para a demarcação que toca a

ao dito vice rei. Fls. 33, liv. 1o. 20. Em resposta a um officio em que aquelle vice-rei

The participa as noticias de se apromptar em Londres Cuma grossa armada para vir sobre aquellas provincias, e pede a participação de qualquer novidade a este respeito, agradece muito aquella noticia e lhe assegura em geral a observancia do tratado.

Fls. 33 v., liv. 1o. 23. Responde ao officio d'aquelle vice-rei de 22 do mez

passado: refere os motivos porque não pode concorrer para a remessa de duas parcellas, de 25 mil pesos cada uma, que o dito vice-rei pretendia que, por via desta capital ou da Bahia de Todos os Santos, se facilitasse, para soccorrer os novos estabelecimentos de Sua Magestade Catholica na costa d'Africa.

Fls. 33 v., liv. 1o. 24. Responde ao officio do mesmo vice-rei de 26 do mez

passado, reparando muito na frivola e insignifi

cante resposta com que intenta, allegando em geral falsamente falta do conhecimento preciso, justificar a inacção em que da sua parte estão todas as dependencias, sem responder a alguma das instancias.

Fls. 31, liv. 1o. JUNHO..... 15. Avisa de que nesta occasião se transporta para aquella

cidade Luiz Cobos, com a collecção de instrumentos mathematicos que Sua Magestade Catholica manda remetter para a parte da demarcação que pertence ao districto desta capitania do Rio de Janeiro, e diz que para se lhe dar principio só falta que aquelle vice rei o avize do tempo e lugar em que se devem juntar os commissarios de ambas as corôas: diz tambem que ficara aqui outra collecção de instrumentos, pertencentes á demarcação que se hade fazer pela capitania de S. Paulo, que tambem trouxera o mesmo Cobos, para d'aqui ser transportada juntamente com a nossa em direitura á dita capi

tania. Fls. 31 v., liv. 1o. 16. Avisa de ter mandado aqui dar ao conductor dos

instrumentos mathematicos Luiz Cobos, á conta dos seus ordenados, a quantia de cem pesos duros, para que aquelle vice rei a mande ali entregar ao coronel commissario Vicente José de Velasco Molina. Fls. 35,

liv. 1o. AGOSTO,... 28. Pelo tenente de navio D. Diogo de Albear, que se retira

nesta occasião deste porto, responde aos officios em que aquelle vice rei, por este e por D. João Romanet, pede a participação de qualquer novidade, tendo vindo ambos ern duas embarcações de Sua Magestade C. para esse fim a este porto: mostra o senhor Vice Rei que se admira de que se julgasse para isto necessario aquelle excesso, e assegura que a sua bôa fé é sempre a mesma, posto que conhece não ser correspondido com igualdade. Fls. 35 v.,

liv. 1o. 30. Responde a um officio deste vice rei de 3 de Junho,

mostrando os fundamentos porque não pode duvidar-se ser verdadeira a representação, a respeito dos prisioneiros portuguezes que estão naquelles dominios, que lhe tinha remettido com o officio de 30 de Março: e, por occasião do frivolo e insignificante motivo que o mesmo vice rei, tendo-o já dado no officio de 26 de Março, torna a repetir

DEZEMBRO

neste, para colorar a inacção a respeito da observancia do tratado, sem responder nada a alguma das instancias, lhe mostra evidentemente, referindo-se a todos os officios anteriores, a justiça de todas as nossas pretenções e quanto estas estão provadas e os fortes fundamentos que aquella inacção e falta de respostas lhe dão para duvidar inteiramente da

sinceridade do dito vice rei. Fls. 36, liv. 1o. 31. Responde a um officio deste vice rei de 4 deste

mez, em que pretendia que em beneficio da casa de Ustariz se consentisse d'aqui o transporte para Lisboa, para de la passar á Hespanha, de uma grande partida de couros e de uma avultada porção da prata e oiro conduzidas a este porto por D. Francisco Borja de Lizaur no bergantin - Los Santos Reis -, dirigido aqui unicamente a este fim, no que, e em semelhantes transportes, affecta ver grandes utilidades á nação portugueza: estranha muito semelhante pretenção, e mostra os motivos porque não pode nem deve condescender com ella, e quanto são falsas as apparentes utilidades que afigura o dito vice rei á nação portugueza, expondo ao mesmo tempo o que, apezar de tudo, praticara em obsequio ao mesmo vice rei com o dito Lizaur e com aquella

embarcação e sua carga. Fls. 38 v., liv. 1o. » Participa ao dito vice rei que em observancia das

suas ordens sahira deste porto o alferes de navio D. João, de Romanet, no dia 21 deste mez, e que a este tem facilitado todos os meios para poder participar ao mesmo vice rei qualquer novidade : e assegura-lhe que por hora nenhuma ha, e que, por não lhe ser possivel nesta occasião, na primeira responderá ás cartas que acaba de receber. Fls. 40, liv. 1".

1782

FEVEREIRO 28. Responde á carta deste vice rei de 30 de Novembro

do anno antecedente, dizendo que manda entregar a collecção dos instrumentos mathematicos que aqui deixára Luiz Cobos, ao alferesde navio D. Joam de Romanet, a quem participara as ordens do dito

vice-rei para se retirar a Montevidéo com a embarcação de seu commando, logo que elle se recolheu a este porto, onde se não achava quando por aqui passou para Lisboa D. Francisco Borja de Lizaur, que incivilmente não quiz deixar as cartas que para elle trazia: e diz o que lhe parece sobre a escolha por mar para o transporte dos instrumentos. Fls. 70,

liv. 1o. ABRIL...... 3. Participa a arribada de uma não e uma fragata in

gleza a este porto no dia 24 do mez antecedente.

Fls. 70, liv. 1o.
4. Participa todas as providencias que se deram para

maior commodidade dos 4 commissarios hespa-
nhóes, destinados para a demarcação, que vieram
da corte de Madrid, e Sua Magestade lhes concedeu
o transportarem-se a Montevidéo por esta capital, os
quaes se transportam na corveta do contracto das
baléas — N. S. da Piedade das Chagas -, que fre-
taram para o seu transporte, e das mais pessoas
que vieram na sua companhia, e tambem de D.
Miguel Moscozo assessor e auditor de guerra do go-
verno do Rio da Prata, e D. Benito Vercolme offi-
cial real de Chucuitu, que chegaram aqui da ilha
da Madeira, onde os lançára um corsario inglez que
tinha aprezado a embarcação hespanhola que os
conduzia: e pede ao vice-rei queira mandar, pelo
capitão da sobredita curveta, assim o frete della
como o mais dinheiro com que o negociante Do-
mingos Mendes Vianna suppriu a todas as referidas
pessôas, e que facilite ao dito capitão assim o trans-
porte livre daquelle dinheiro, como a breve retirada
da sua embarcação, e avisa que, chegando alguns
officiaes portuguezes que espera da Côrte, se ha de

logo dar principio á demarcação. Fls. 70 v., liv, 1o. 30. Aviza da arribada que fez a este porto uma esquadra

ingleza, no dia 28 deste mez, que se compõe de cinco náos, uma fragata e dous navios de transporte, e leva no seu comboyo dezoito navios da companhia da

India Oriental. Fls. 72, liv. 1o. MAIO.......4. Responde á carta deste vice-rei, de 18 de Fevereiro

deste anno, sobre o estabelecimento dos inglezes na

ilha da Ascensão ou Trindade. Fls. 72, liv. 1o. AGOSTO.... 31. Participa ter chegado o tenente-coronel hespanhol

D. Joam Manoel Campero, como chegara, e as pro

SETEMBRO

videncias que derapara a commodidade do seu transporte para Lisbôa:e aviza de ter entrado neste porto a embarcação hespanhola, commandada pelo pratico José Ignacio Quoicoechea, de quem o dito Vice-Rei trata em carta de 20 de julho antecedente e responde ao que na mesma carta diz o mesmo vice-rei sobre a esquadra ingleza, cuja arribada se lhe participou

no officio de 30 de Abril deste anno. Fls.:72 v., liv. 1o. 10. Participa, em uma relação que remette inclusa, o

desastre que succedeu á curveta N. S. da Piedade das Chagas, no encontro rom um corsario hespanhol, na volta de conduzir a Montevidéo os quatro commissarios hespanhóes destinados para a demarcação, e o estranho modo porque se tinha havido com

ella o commandante do dito corsario. Fls. 73, liv. 1o. 12. Participa a arribada que, no dia 4 deste mez, fizeram

a este porto uma não de guerra e uma chalupa inglezas. Flş. 74 v., liv. 1o.

DEZEMBRO

11783

JANEIRO... 18. Responde ao officio deste vice-rei de 19 de Julho do

anno antecedente : aviza-o de que nesta occasião partem desta capital as pessoas destinadas para servirem na 1a divisão da demarcação de limites da America Meridional, para se ajuntarem com o nosso 1° commissario, e do que a este determina para se

dar principio á mesma demarcação. Fls. 11, liv. 1o. FEVEREIRO 13. Participa ao dito vice-rei terem já os inglezes eva

cuado o estabelecimento que haviam formado na

ilha da Trindade. Fls. 11, liv. 1o. MAIO...... 2. Aviza ao dito vice-rei da arribada a este porto da náo

ingleza «Europa» a 14 de Abril passado, Fls. 11 v.,

liv. 1o. JULHO..... 11. Remette ao dito vice-rei uma carta com um embrulho

que da Côrte veio para este fim. Fls. 11 v., liv. 1o. SETEMBRO 11. Participa ao dito vice-rei ter já sahido, deste porto, o

piloto hespanhol D. Joan Paschoal Calexa, quando recebera a sua carta de 7 de Julho antecedente para

lhe dar aquella mesma ordem. Fls. 11 v., liv. 1o. NOVEMBRO 3. Pede ao dito vice-rei queira dar as providencias pre

cisas para se segurar ali a sumara-N. S. das Neves

« AnteriorContinuar »