Antonin Artaud - Teatro E Ritual

Capa
Annablume, 2004 - 210 páginas
Palavras como 'teatro' e 'ação', tão utilizadas por Artaud, adquirem em sua obra um significado cada vez mais amplo. Deixam de se referir pura e simplesmente ao campo dos espetáculos ou mesmo ao das artes. Passam a designar processos de recriação da vida humana que guardam importantes relações com o universo dos ritos, instigando-nos a repensar o lugar da arte no mundo contemporâneo. Mesmo a leitura intensiva de seus textos é capaz de mobilizar afetos, desestruturar esquemas rígidos de compreensão, abrir horizontes de percepção. Sua linguagem, forjada a partir da investigação de seus próprios estados físicos e mentais, possui um alto poder de contaminação, colocando em xeque nossas atitudes e formas de ver o mundo.
 

Opinião das pessoas - Escrever uma crítica

Não foram encontradas quaisquer críticas nos locais habituais.

Índice

I
21
II
35
III
79
IV
105
VI
145
VII
185
Direitos de autor

Outras edições - Ver tudo

Informação bibliográfica