Povos Indígenas no Brasil: 2001/2005

Capa
Beto Ricardo, Fany Ricardo
Instituto Socioambiental, 1 de jan de 2006 - 880 páginas

Décimo volume de uma série iniciada em 1980 pelo Centro Ecumênico de Documentação e Informação (CEDI) e continuada pelo Instituto Socioambiental (ISA), a presente edição do livro Povos Indígenas no Brasil (2001-2005) traz um resumo comentado das políticas indigenistas, oficiais e não-governamentais e da política propriamente indígena no período. A publicação, apoiada em uma extensa rede de colaboradores voluntários, traz 178 artigos assinados, centenas de notícias extraídas e resumidas a partir de 125 fontes, além de cerca de 200 imagens fotográficas e 36 mapas. Todas essas informações e análises estão organizadas em seis capítulos temáticos e 19 regionais, num total de 866 páginas.

 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

O que querem os povos de origem Indígena de Rondônia?
Trágico, mas respeito. Uma das questoes mais intricíca é a comunidade requerer um bem que lhe é devido duas vezes por
diversos motivos aquilo que lhe pertence por lei de direito hereditario deste antiguidade a "terra". Artigo de cobiça por fazendeiros, e pessoas ate mesmo de baixa renda. Quando questionado o que querem, me refiro ao todo, respeito pela vida, pela terra, pelo habitat. e principalmente pelas pessoas que ali compoe esse habitat. as suas terras são aquilo que eles tem e precisa ser demarcado? Eles não compreende isso, mas tem que aprender que existe cercas arrames muros, marcos geograficos que os delimitam em areas a eles destinados. è como se fosse o quintal de suas casas so podem andar por ali. A dignidade lhe são roubadas, por fazendiros ganancios que querem tudo e todos lhe são sujeitos; ate quando? Enquanto tiver o poder da barganha, o dinheiro, a politica, enquanto ainda as custa das ccampanhas milionarias e os conjavos politicos se apropriarem das terras daqueles que ó querem uma oportunidade de serem reconhecido como povos da floresta, que tem dificuldadades, mas porem são seres humanos e não"bichos do mato, sem alma, sem lei , sem rei.  

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas