Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Fazer login
Livros Livros 1 - 3 de 3 sobre Oh tu, que tens no seio a eternidade, E em cujo resplendor o sol se accende, Grande,....
" Oh tu, que tens no seio a eternidade, E em cujo resplendor o sol se accende, Grande, immutavel ser, de quem depende A harmonia da etherea immensidade! "
Rimas. Tom. 1, 3a ed.; 2; 3, 2a ed - Página 56
de Manoel Maria de Barbosa du Bocage - 1802
Visualização completa - Sobre este livro

Poesias, Volume 1

Manuel Maria Barbosa du Bocage, Luiz Augusto Rebello da Silva, Innocencio Francisco da Silva - 1853
...14 ao «uai pertencia, 0oi» for me a divisão adoptada. O n tu, quê tens no seio a eternidade, K em cujo resplendor o sol se accende, Grande, immutavel ser, de quem dependo A harmonia da etherea immensidade ! Amigo, e bemfeitor da humanidade, Da mesma que te nega,...
Visualização completa - Sobre este livro

La literatura portuguesa en el siglo XIX

Antonio Romero Ortiz - 1869 - 434 páginas
...anuos, saiva morrer o que viver nao soube. Oh! tu que tens no seio a eternidade o em cujo resplandor o sol se accende, • grande immutavel ser de quem depende a harmonia da etherea immensidadc ! amigo e bemfeitor da humanidade , do mesmo que te nega e que te offende , manda...
Visualização completa - Sobre este livro

Obras poeticas de Bocage ...: Sonetos

1875
...Musa genial te off rece, Acolhe, anima com risonho aspecto, Com teus altos influxos ennobrece: 285 Oh tu, que tens no seio a eternidade, E em cujo resplendor...Grande, immutavel ser, de quem depende A harmonia da etherea immensidade! Amigo, e bemfeitor da humanidade, Da mesma que te nega, e que te offende, Manda...
Visualização completa - Sobre este livro




  1. Minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Download do PDF