O RETRATO DE VENUS ESTUDOS DE HIGTORIA LITTERARIA PELO VISCONDE D'ALMEIDA GARRETT

Capa
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Páginas selecionadas

Termos e frases comuns

Passagens mais conhecidas

Página 62 - II n'est point de serpent ni de monstre odieux, Qui, par l'art imité, ne puisse plaire aux yeux : D'un pinceau délicat l'artifice agréable Du plus affreux objet fait un objet aimable.
Página 208 - Bazilio da Gama é o moderno poema que mais merito tem na minha opinião. Scenas naturaes mui bem pintadas, de grande e bella execução descriptiva ; phrase pura e sem affectação, versos naturaes sem ser prosaicos, e quando cumpre sublimes sem ser guindados ; não são qualidades communs.
Página 202 - Este é em meu humilde conceito o nosso melhor bucolico: tomo a liberdade de contrastar a opinião commum, porque o meu dever de critico me obriga a ennunciar lealmente o meu pensamento. Tenho para mim (e fico que acharei quem me siga se de boa fé quizerem entrar no exame) que a immensa cópia de composições pastoris, as quaes não são riqueza, mas desperdicio de nossas musas, ou peccam por empoladas, por inverosimeis, por baixas, por demasiado naturaes, por sobejo elevadas. Um meio termo...
Página 178 - ... deram indisputada superioridade a todos os escriptores d'aquelle tempo, dos quaes era ouvido, consultado e imitado. Sá de Miranda exerceu sobre todos os poetas d'aquella epocha a mesma especie de imperio que veio a ter Boileau em França, e mais modernamente Francisco Manuel entre nós. Introduziu na poesia os metros italianos, e os modos, versos e combinações de...
Página 195 - ... seus discipulos que ainda quizeram ir avante, deram em fazer silvas, acrosticos, e engendraram todos os outros monstros (originarios, segundo Diniz, do paiz das bagatellas) e distillando mais e mais as quintas essencias dos conceitos, tanto torceram e retorceram o ja delgado fio poetico, que de todo o quebraram. So Manuel da Veiga o atou momentaneamente em uma ou duas lyras da Laura de Amphriso. Logo tornou a estalar: e...
Página 202 - Quita, a quem pagou a patria com miseria e fome as immensas riquezas que para a lingua e litteratura de seus versos herdou. Um pobre cabelleireiro, a quem as musas que serviu, os grandes que com ellas honrou nunca tiraram do triste officio...
Página 219 - Afonso d'Albuquerque? onde ha poesia sublime, elegante, immensa como seu assumpto, na dos novos Gamas? se o patriotismo fallasse alguma hora aos degenerados netos de Pacheco e Albuquerque, que poderia elle dizer-lhes igual áquella inestimavel ode que se intitula Neptuno aos portuguezes? E quando a liberdade troa na espada de Washington, submette os raios de Jupiter ao sceptro dos tyrannos aos pés de Franklim, ou tece pelas mãos de Penn os laços de fraterna união!
Página 198 - Porem a face do mundo estava começada a mudar : as antigas barreiras que a politica e os preconceitos erguiam entre povo e povo quasi desappareciam ; as mutuas necessidades, e até o mesmo luxo, faziam quasi indispensavel precisão as permutações do commércio ; eo commércio fraternizou as nações. Reciprocamente se estudaram as...
Página 197 - Meio do seculo xvni até o fim A civilisação e as luzes que a geram, tinhamse estendido do sul para o norte. A corrupção que após ellas vem em seu marcado periodo, as fora apagando, ou ennevoando ao menos, na mesma direcção. De sorte que pelos fins do...
Página 174 - ... vimos, que nos lembre os costumes, as usanças, os preconceitos mesmos populares; que d'ahi vem á poesia o aspecto e feições nacionaes, que são sua maior belleza. Bernardim Ribeiro foi um tanto mais original em sua simplicidade, o que lhe falta de sublime e culto sobeja-lhe em brandura, e u'uma ingenua ternura que faz suspirar de saudade, d'aquella saudade cujo poeta foi, cujos suaves tormentos tam longo padeceu, e tam bem pintou.

Informações bibliográficas