Estado autoritário e ideologia policial

Capa
FAPESP, 2005 - 209 páginas
O livro 'Estado autoritário e ideologia policial no Brasil' enfoca a gênese da militarização da Polícia Brasileira, prioritariamente da Força Pública do Estado de São Paulo, que foi treinada pela Missão do Exército Francês (iniciado em 1906). A formação do aparato repressivo também pode ser observada durante a análise do crime político e do crime social. A ideologia dentro da corporação policial pode ser observada com base na sua atuação. Cabe ressaltar que a Polícia Política - DEOPS - também foi analisada em seu poder total sobre a conduta social, desde a sua formação, em 1924.

De dentro do livro

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Conteúdo

Siglas e abreviaturas
11
Prefácio
17
Itrodução
23
Direitos autorais

3 outras seções não mostradas

Outras edições - Visualizar todos

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas