Movimento camponês rebelde: a reforma agrária no Brasil

Capa
Editora Contexto, 2006 - 205 páginas
A reforma agrária é questão bastante controversa e o debate em torno dela incomoda muitos e há muito tempo no Brasil. Mas quais são as circunstâncias que envolvem as discussões sobre a geografia dos assentamentos rurais no Brasil? Como a reforma agrária e o movimento camponês vêm sendo encarados por nossos governantes? Ao abordar essas questões, MOVIMENTO CAMPONÊS REBELDE traz uma discussão sobre os planos de reforma agrária adotados pelos governos federais de 1985 até nossos dias e expõe o modo de atuação dos mais importantes movimentos camponeses presentes no país, como o MST e o Mast, que carregam consigo características baseadas na diversificação política, na autonomia, na liberdade e, acima de tudo, na rebeldia. Repleto de tabelas e mapas temáticos, trata-se de um livro atual e revelador.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Informações bibliográficas