Negritude sem etnicidade: o local e o global nas relações raciais e na produção cultural negra do Brasil

Capa
SciELO - EDUFBA, 1 de jan. de 2004 - 352 páginas
Com base em 15 anos de pesquisa na Bahia, no Rio, no Suriname e na Holanda, Livio Sansone indaga sobre as formas específicas que "raça" e etnicidade assumem no Brasil e no resto da América Latina. Ele compara as concepções latino-americanas de "raça" com as concepções dominantes nas ciências sociais, centradas em contextos determinados por identidades branco-negro claramente definidas, formuladas na base da situação dos Estados Unidos e da Europa do Noroeste. Sansone sugere que o estudo de noções de identidade e cultura mais complexas e até "ambíguas", certamente contribui para uma compreensão mais universal das tensões etno-raciais e de por que o pensamento racial continua tão forte. Ele também investiga os efeitos da globalização sobre as diferentes construções da noção de raça.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Outras edições - Visualizar todos

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas