Comunicação não violenta - Nova edição: Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais

Capa
Editora Ágora, 5 de jul. de 2021 - 280 páginas
Em um mundo violento, cheio de preconceitos, conflitos e mal-entendidos, buscamos ansiosamente soluções para melhorar nossa relação com os outros. Nesse sentido, a boa comunicação é uma das armas mais eficazes. Grande parte dos problemas entre casais, pais e filhos, empregados e empregadores, vizinhos, políticos e governantes pode ser amenizada e frequentemente evitada apenas com... palavras. Porém, saber ouvir o que de fato está sendo dito pelo outro e expressar o que de fato queremos dizer, embora pareça tarefa simples, é das mais difíceis. Nesta obra, best-seller no Brasil e no mundo, Marshall Rosenberg explica de maneira revolucionária os valores e princípios da comunicação não violenta, que se baseia em habilidades de linguagem e comunicação que fortalecem nossa capacidade de manter a humanidade, mesmo em condições adversas. Usando sua experiência como psicólogo clínico e criador do método da CNV, ele ensina o leitor a: • entregar-se de coração aos relacionamentos e se libertar dos condicionamentos e dos efeitos de experiências passadas; • identificar e expressar sentimentos; • expressar a raiva de forma não violenta; • transformar padrões negativos de pensamento; • resolver seus conflitos com os outros de forma pacífica; • criar relacionamentos interpessoais baseados em respeito mútuo, compaixão e cooperação. Nesta nova edição, que conta com um capítulo inédito sobre mediação e solução de conflitos e prefácio de Deepak Chopra, Marshall Rosenberg consolida seu trabalho, reconhecido mundialmente, e compartilha com os leitores ensinamentos testados e comprovados na prática.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Outras edições - Visualizar todos

Sobre o autor (2021)

Tendo crescido em um bairro turbulento de Detroit (EUA), Marshall Rosenberg (1934-2015) se interessou por novas formas de comunicação para criar alternativas pacíficas de diálogo que amenizassem o clima de violência com o qual convivera. Formado em Psicologia pela Universidade de Wisconsin, ele obteve o doutorado em Psicologia Clínica. A comunicação não violenta é resultado de sua formação acadêmica e de suas vivências pessoais como militante pelos direitos civis, voluntário em abrigos e terapeuta familiar. Em 1984, fundou, na Califórnia, o Center for Nonviolent Communication (CNVC), que se transformou em uma organização internacional sem fins lucrativos com dezenas de pessoas habilitadas a dar treinamentos em mais de 60 países. Esse trabalho é realizado com educadores, profissionais da área de saúde, mediadores, empresários, prisioneiros e guardas, policiais, militares, membros do clero e funcionários públicos. Rosenberg introduziu programas de paz em países assolados pela guerra, como Afeganistão, Bósnia, Nigéria, Palestina e Ruanda. Faleceu pacificamente em sua casa, cercado da esposa e dos três filhos.

Informações bibliográficas