O guia do mochileiro das galáxias

Capa
Editora Arqueiro, 9 de nov. de 2010 - 208 páginas
2 Resenhas
As avaliações não são verificadas, mas o Google confere e remove conteúdo falso quando ele é identificado

Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, O Guia do Mochileiro das Galáxias vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado.

Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect.

A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário.

Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da "alta cultura" e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.

 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

As avaliações não são verificadas, mas o Google confere e remove conteúdo falso quando ele é identificado
Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

Pegue sua toalha o/

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

UM AUTOR ALUCINADO
Douglas Noel Adams é natural de Cambridge (Inglaterra), nasceu em 1952 e faleceu em 11 de maio de 2001, vítima de um ataque cardíaco.
De acordo com Badley Greive (autor de "Um dia daqueles"), ele se considerava um "ateu radical" e demonstrava "um sentido claro e nítido de justiça e compaixão universais" em seus livros.
Sem exageros, acredito que podemos considerá-lo um Júlio Verne do século XX, não apenas pelas aventuras alucinantes e recheadas de humor e ficção científica, mas também pela profunda crítica social e cultural que sua obra encerra.
VAMOS AO LIVRO
Neste primeiro volume, o autor discorre sobre "a vida, o universo e tudo mais" (título do volume 3), pontuando a "função" da Terra, propondo respostas alternativas e bem humoradas à "profunda pergunta sobre o porquê" ("Por que estamos aqui?", "Por que as pessoas nascem?" , "Por que elas morrem?", "Por que elas passam uma grande parte do tempo entre o nascimento e a morte usando relógios digitais?") e questionando alguns parâmetros comportamentais do homem moderno, das instituições e do pensamento (Filosofia e outras ciências especulativas derivadas dela).
O mote existencial é trabalhado a partir da história do inglês Arthur Dent e alguns de seus companheiros espaciais após uma "catástrofe terrível e idiota" (a destruição da Terra).
Então, depois de ficar órfão de planeta, a vida de Arthur Dent e seu conhecimento sobre o Universo mudam vertiginosamente. Ele se transforma (sem o desejar, nem entender nada) em um mochileiro do espaço sob orientação do amigo Ford Prefect, um alienígena que se passava por ator desempregado e que, na verdade, veio à Terra apenas para uma pesquisa de atualização do verbete sobre o planeta para a nova edição do "Guia do Mochileiro das Galáxias".
Em uma viagem espacial cheia de surpresas e perigos, Arthur Dent e Ford encontram de criaturas selvagens e cruéis a seres extremamente inteligentes e, descobrem a finalidade última da Terra (e talvez do Universo?) e de todos os seres que a ela estiveram "organicamente conectados".
 

Páginas selecionadas

Conteúdo

Seção 1
Seção 2
Seção 3
Seção 4
Seção 5
Seção 6
Seção 7
Seção 8
Seção 22
Seção 23
Seção 24
Seção 25
Seção 26
Seção 27
Seção 28
Seção 29

Seção 9
Seção 10
Seção 11
Seção 12
Seção 13
Seção 14
Seção 15
Seção 16
Seção 17
Seção 18
Seção 19
Seção 20
Seção 21
Seção 30
Seção 31
Seção 32
Seção 33
Seção 34
Seção 35
Seção 36
Seção 37
Seção 38
Seção 39
Seção 40
Direitos autorais

Informações bibliográficas