O filtro invisível: O que a internet está escondendo de você

Capa
Zahar, 15 de mar. de 2012 - 250 páginas
O Google oferece resultados de busca de acordo com as preferências de cada usuário; o Facebook oculta atualizações de amigos com quem interagimos pouco; a Amazon expõe produtos que nos interessam quando entramos no site. Baseada na análise de nossos cliques, a internet está cada vez mais feita sob medida. Mas esse reflexo de nossos desejos tem um custo: se tudo se tornar pessoal, podemos ser impedidos de entrar em contato com ideias que mudam o modo como vemos o mundo e nós mesmos. Em "O filtro invisível", Eli Pariser, presidente do conselho da MoveOn, um dos principais portais de ativismo online, alerta para o que chama de bolha dos filtros: a partir da navegação de cada usuário na web, gigantes como Google, Facebook, Apple e Microsoft criam filtros formados por algoritmos que personalizam o resultado das buscas na internet. O autor mostra os riscos de vivermos confinados a um universo pessoal único de informações e explica o que cada um de nós, assim como as empresas, pode fazer para tornar a web mais democrática.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Outras edições - Visualizar todos

Sobre o autor (2012)

ELI PARISER é presidente do conselho diretor e ex-diretor executivo do portal MoveOn.org, que conta com 5 milhões de assinantes. É também cofundador da Avaaz.org, uma das maiores organizações de ativistas do planeta, e membro do Roosevelt Institute. Tem artigos publicados nos jornais Washington Post, Los Angeles Times e Wall Street Journal.

Informações bibliográficas