Paulo Pasta

Capa
CosacNaify, 2006 - 253 páginas
0 Resenhas
O livro documenta a trajetória do artista paulista - inciciada nos anos 1980 e hoje internacionalmente reconhecida como um dos principais trabalhos da pintura brasileira - e constitui sua monografia mais completa. Estão presentes ensaios dos críticos Tadeu Chiarelli, Lorenzo Mammì e Paulo Venancio Filho, que discutem a obra de Paulo Pasta e destacam elementos essenciais na construção de sua pintura - o vácuo, as marcas do tempo, a presença de artistas como Volpi e Morandi e a criação de espaços de silêncio, memória e, ao mesmo tempo, inquietude. Fecha o livro um ensaio biográfico escrito por José Bento Ferreira, que apresenta a trajetória do artista, desde os tempos de seu ateliê na rua Fortunato. O crítico destaca a relação íntima entre a experiência literária e pintura, sugerida por sua obra, e acompanha criticamente todo o seu percurso, das exposições e eventos até fatos determinantes, como a sala especial na 22 a Bienal de São Paulo (1994) e os prêmios do Salão Nacional (1989) e Panorama da Arte Brasileira do MAM (1997). O volume traz 156 imagens, entre as quais, além de uma retrospectiva notável da obra do artista, há fotos de seu ateliê e vários closes dos quadros. As obras são reproduzidas em tamanhos diferentes entre si, respeitando a sua escala real.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Outras edições - Visualizar todos

Informações bibliográficas