O Delirio de Dawkins

Capa
MUNDO CRISTAO - 160 páginas
3 Resenhas
Ao discutir os pressupostos de Dawkins, os autores trazem à tona questões fundamentais dos tempos pós-modernos - fé, coexistência de religião e ciência, liberdade de crença, o sentido da vida e a busca de significado - que, a julgar pela repercussão de Deus, um delírio, merecem contundente posicionamento cristão.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

Alister McGrath é um dos maiores filósofos da religião da atualidade e grande bioquímico, formado pela mesma universidade de Dawkins. Ele não só sabe tudo que Dawkins sabe, como sabe muito mais.
Dawkins não sabe dizer um ponto sem cair em falácias.
Lamento somente que esse livro é pequeno demais. Mas pra corrigir as besteiras que Dawkins fala, seria nescessário volumes enormes.
A razão não serve pra anda num mundo sem Deus. Ciência e cultura num mundo sem Deus não passam de passatempo inutil até que o fim chegue.
Em pleno século XXI , Deus é a coisa mais nescessária que a humanidade precisa, pois exatamente é onde o homem descobre com a ciência e tecnologia que está limitado a sí mesmo, e que além dele, só com a existência de Deus faria tudo que a humanidade passou valer a pena. Doutra forma, a própria existência têm tanto valor quanto as falácias de Dawkins.
 

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

Li este livro que tenta colocar Dawkins no delírio deles e do Deus que eles criaram.
O que nos espanta é que em pleno século XXI os seres humanos ainda se deixam enganar por esta edição grosseira da
Mitologia Grega.Com o desenvolvimento científico as religiões não podem mais inventar suas lorotas.O livro está mais para um conto da carochinha, do que para o que se propõe.
Adeus ilusões a era é a da razão!
 

Informações bibliográficas