D. Zica: tempero, amor et arte

Capa
Mauad Editora Ltda, 2004 - 187 páginas
0 Resenhas
D. Zica, que se tornou um dos maiores símbolos da Mangueira, completaria 91 anos de idade em 6 de fevereiro de 2004. A sua história e a do compositor Cartola, seu marido, com quem abriu o 'Zicartola' - a casa de música e saborosos pratos que ficou conhecida nos anos 60 como um reduto de resistência cultural - é contada neste livro, escrito por sua neta, Nilcemar Nogueira, e com o qual ela colaborou pouco antes de morrer, em 2003. Também com texto de Sérgio Cabral e ilustração de Ziraldo, o livro é recheado com as receitas que D. Zica fazia e servia no 'Zicartola', juntamente com suas receitas caseiras e de doces.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Páginas selecionadas

Conteúdo

José Pinto Monteiro
13
Angu à baiana
38
Costela de boi com aipim
51
Mocotó
65
Vatapá
78
Aipim frito
91
Carneassada
105
Purê de batatas
119
Receitas de Doces
137
Direitos autorais

Informações bibliográficas