Resultados 1-2 de 2
Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

Uma breve perspectiva das condições econômicas e sociais da área para situar o leitor.
Sucesso do trabalho preventivo está associado a criatividade, iniciativa e divulgação.
delimitação das funções
constitucionais de cada um dos órgãos de seg pública.
Soma de esforços da PM e PC inicialmente dos gestores de cada um, participando de reuniões para definir objetivos e traçar um plano estratégico.
Uma série de posturas que podem demonstrar a população a mudança de atitude das instituições:
definição dos pontos principais que serão alvo dos esforços das instituições; chamamento da sociedade para participar mais ativamente das questões de segurança pública( além dos consegs), operações de divisa de estado, visitas as vitimas de roubo, concentração de forças em locais isolados, apresentação de resultados à população.
Prevenção primária é contenção e não resolução dos problemas. Necessidade de ações do poder executivo local (geração de renda, escola tempo integral, lazer, programas sociais).
PM - prevenção primária - PROERD e JCC.
As ações de prev prim. aproximam o policial da comunidade onde atua, saindo da frieza do mero atendimento de serviço ou prestador de serviço e contribuindo com a formação do futuro cidadão.
Iniciativa- Motivação/Criatividade - Divulgação
Motivação - sensação de pertencer a uma instituição vitoriosa - motiva a trabalhar que por sua vez amplia o campo de ações.
Plano de Ação - montado visando a mudança de postura dos policiais e a realização de iniciativas operacionais específicas.
Desmotivação - "descontinuidade" na aplicação da lei;
Falta de apoio da imprensa e de outros órgãos - imprensa enaltece o criminoso e deprecia a atividade policial. PM sem foco e iniciativa.
Falta de apoio da comunidade - conflito com os policiais e gestores de segurança..
Falta de liderança - líder se preocupa em reduzir números, mudança d e visão dos gestores e dirigentes.
Diversas tecnicas de emprego do efetivo no sentido de potencializar a presença do policial:
estacionamento em ângulo; patrulha a´pé nos centros comerciais; uso dos equipamentos luminosos, deslocamento de viaturas em baixa velocidade, deslocamento em comboio.
Operação Matriz realizada com efetivo da administração, em data que não prejudique o serviço administrativo.
Contato nos foruns para ter conhecimento antecipado dos mandado de prisão e deter aqueles que brevemente serão procurados e ainda não sairam de sua rotina.
Verificar com diretor do presídio lista dos presos que receberão "indulto" com o respectivo endereço para comparecimento da viatura para "acompanhar" o cumprimento das obrigações do benefício.
Apos o termino do prazo do benefício verificar com o diretor do presidio os beneficiados que não retornaram para fazer o "rescaldo".
Operação de cadastro e identificação de pessoas em situação de "vadiagem" a pm atua nas consequências e não nos fatos geradores, deve motivar, através da participação de outros órgãos para que cada um atue dentro de sua obrigação.
A ação visa direcionar aquelas pessoas que realmente precisam de apoio do poder público para sair da condição de vadio e ao mesmo tempo identificar meliantes que procuram se homiziar na manta da condição de subsistência para praticar delitos.
Pg167.
 

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

O livro “Estratégias de Policiamento Preventivo” foi desenvolvido por dois oficiais da Polícia Militar de São Paulo como relato de suas experiências profissionais consolidadas em um amplo programa colocado em prática no início do segundo semestre de 2009, com parceria de outros órgãos relacionados à segurança pública na cidade e região de Assis, sudoeste paulista, área de circunscrição do 32º BPM/I.
Com recurso narrativo e descrição de iniciativas em doze meses de intensa atividade policial, os autores sistematizaram o programa intitulado “Indiferença Zero”. O texto concentra-se no movimento policial que causou positivo impacto na comunidade regional pelos rápidos resultados alcançados e comprovados por estatísticas oficiais juntadas ao final da obra. Ao conjunto de relatos foram acrescidas experiências reconhecidas como boas práticas em outras unidades policiais de modo a enriquecer o repertório de ideias úteis ao trabalho dos gestores de segurança pública.
O Coronel PM Lincoln de Oliveira Lima, com 28 anos na Polícia Militar, exerceu o Comando 32º BPM/I, quando ainda no posto de Tenente-Coronel PM e o Major PM Adilson Luís Franco Nassaro, com 25 anos de carreira, foi o seu Coordenador Operacional. Compilaram as estratégias em três grupos que formam um ciclo: “Integração, Motivação/Criatividade e Divulgação” (I-M/C-D) com uma abordagem sistêmica do exercício de polícia ostensiva. Ao mesmo tempo, descreveram um idealizado círculo virtuoso que o gestor local de segurança pública é capaz de provocar na esfera de policiamento preventivo.
Os relatos publicados viabilizam uma espécie de “manual de boas práticas”, abrangendo o surpreendente número de 100 itens, conforme índice remissivo oferecido também ao final da obra. A pretensão é clara: fazer circular tais informações e propiciar o surgimento de outras boas práticas, inspiradas nos mesmos registros.
 


4 estrelas - 0
3 estrelas - 0
2 estrelas - 0
1 estrela - 0

Resenhas editoriais - 0
Resenhas de usuários - 2