Historia do descobrimento e conqvista da India pelos Portvgveses, Volumes 4-6

Capa
Typographia Rollandiana, 1833
 

Opinião das pessoas - Escrever uma crítica

Não foram encontradas quaisquer críticas nos locais habituais.

Outras edições - Ver tudo

Passagens conhecidas

Página 161 - Porem vos mãdamos que tanto que vos esta for apresentada , entregueis a dita capitania mor, & gouernanca, a dom Vasco da gama conde da Vidigueira , & Almirante do mar Indico, q...
Página 165 - Testemunhas q estauão presentes Lopo vaz de sam Payo capitão desta fortaleza, Fernão martinz de sousa, dom Pedro de Castelo branco, Afonso mexia védor da fazenda da índia , Pero mazcarenhas : & ho licenciado loão de soiro ouuidor geral da índia. E eu loão nunez escriuão pubrico na dita cidade...
Página 25 - ... dumas em outras: estes se chamão cuços na lingoa da terra & sam muyto bõs pera comer. Ha no mar muyto pescado & muyto bõ, & hus cangrejos do tamanho de centolas, & assi parecem: & tem li íia bolsos como pescoços de lagostas.
Página 161 - JL/om lohão per graça de Deos Rey de Portugal , & dos Algarues, daquem , & dalem mar, em África, senhor de Guiné, & da Conquista, Nauegação , Comercio, de Ethiopia, Arabia, Persia, & da índia. Fazemos saber a vos dom Duarte de meneses capitão...
Página 22 - Çuez que he no cabo dele em vinte e hú graos e meyo largos da banda do norte.» (História da índia, Livro IV, capítulo 12). Neste mesmo capítulo, um pouco adiante, encontramos: «A sete légoas desta cidade pera ho sertão está a maldita casa de Meca, a que os Mouros fazem suas romarias (como os Chrístãos fazem ao saneio sepulcro de Hierusalém), por estar neta o çancarrão, que chamam do abominavel Mafamede.
Página 165 - Chrisio de mil e quinhentos e vinte quatro annos, aos quatro dias do mes de Dezembro do dito anno, em a Cidade de Santa Cruz de Cochi, em a fortaleza d'ElRei Nosso Senhor, es5 tando aí D. Vasco da Gama, Conde da Vidigueira, Almirante do Mar Índico, e Viso-Rei das índias, disse que recebia de D.
Página 24 - Dobremos o século XVI. No seguinte, não se encontram já as preciosas e abundantes informações que emparelhem com as de Anchieta e Soares de Sousa, para não dar outros exemplos. Contudo, em Roteiros, Cartas e Relações de vários autores, desde Frei João...
Página 99 - ... tornar pera terra, & poendo a proa naqueles mares & rompendo por eles com muyto perigo de sua vida por as ondas comerem ho batel chegou tão perto da nao que lhe lançarão dela hua beta por onde ho batel foy alado a bordo, onde não podia chegar com a grande resaca dos mares que empuxauão ho batel muy loge.

Informação bibliográfica