Como Vivem Os Mortos

Capa
Alfaguara Brasil - 359 páginas
0 Resenhas
Lily Bloom, 65 anos, judia americana radicada em Londres, não foi uma mulher agradável em vida - não haveria por que sê-lo na morte. Depois de perder a batalha contra o câncer, essa senhora não tão velha, e sem dúvida ainda muito sagaz, é levada por um taxista cipriota e por seu novo guia para o mundo dos mortos - o subúrbio. Em meio a um programa de 12 passos destinado a lhe ensinar a estar morta, a refeições ingurgitadas e regurgitadas por convivas mortos em volta de uma mesa de restaurante, Lily relembra a própria vida. E não há nada de nostálgico nessas lembranças. O tempo dos mortos se estica, interminável, e a entediada Lily o preenche também com lembranças ácidas de sua vida dos dois lados do Atlântico ao longo de boa parte do século XX, com todos os seus vícios e absurdos.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Informações bibliográficas