Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Fazer login
Livros Livros
" Águas são muitas; infindas. E em tal maneira é graciosa que, querendo-a aproveitar, dar-se-á nela tudo, por bem das águas que tem. "
A descoberta do Brasil - Página 280
de Faustina da Fonseca - 1908 - 346 páginas
Visualização completa - Sobre este livro

Obras de João Francisco Lisboa, natural do Maranhão, Volume 2

João Francisco Lisboa - 1865
...não podiamos ver «senão terra e arvoredos. Nella não podemos saber nem lhe «vimos até agora se haja ouro, nem prata, nem nenhuma cousa «de metal, nem de ferro; porém a terra em si é de muitos bons VOL. H. 51 «ares, assim frios e temperados como os d'Entre...
Visualização completa - Sobre este livro

Revista trimensal do Instituto Historico, Geographico e ..., Volume 40

1877
...senão terra e arvoredos, que nos parecia mui longa terra. N'ella até agora não podemos saber se haja ouro nem prata, nem nenhuma cousa de metal, nem de ferro, nem lh'o vimos ; porém a terra em si c de muito bous aros, assim frios c temperados, como os d'cntrc Douro e Minho, porque rTcste tempo...
Visualização completa - Sobre este livro

Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Edição 40,Parte 2

Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro - 1877
...senão terra e arvoredos, que nos parecia mui longa terra. IN'ella até agora não podemos saber se haja ouro nem prata, nem nenhuma cousa de metal, nem de ferro, nem lh'o vimos ; porém a terra eirrsi i- dc muito bons ares, assim (rios o temperados, como os d'entrc Douro e Minho, porque n'rste...
Visualização completa - Sobre este livro

Revista trimensal do Instituto Geográphico e Histórico da ..., Volume 1,Edição 2

1894
...senão terra e arvoredos, que nos pareceu mui longa terra. N'ella até agora não podemos saber se haja ouro nem prata, nem nenhuma cousa de metal, nem de ferro, nem lh'o vimos; porém a terra cm si é de muito bons ares, assim frios e temperados, como os d'entre Douro e Minho, porque n'este...
Visualização completa - Sobre este livro

Revista do Instituto Archeológico e Geográphico Pernambucano, Edições 52-55

1899
...parecia mni longa terra. Nella até agora não podemos saber Se haja onro nem prata, nem nenhnma consa de metal, nem de ferro, nem lh'o vimos ; porém a terra em si é de mnito bons ares, assim frios e temperados, como os dentre Donro e Minho, porqne neste tempo de agora...
Visualização completa - Sobre este livro

Brazil

Antonio Zeferino Candido - 1900 - 404 páginas
...ver senão terra e arvoredos, que nos parecia mui longa terra. Nella até agora não podemos saber se haja ouro nem prata, nem nenhuma cousa de metal, nem de ferro, nem lh'p vimos ; porém a terra em si é de muito bons ares, assim frios e temperados, como os d'entre...
Visualização completa - Sobre este livro

Memorias historicas e politicas da provincia da Bahia do coronel Ignacio ...

Ignacio Accioli de Cerqueira e Silva - 1919
...senão terra e arvoredos, que nos parecia mui longa terra. N"ella até agora não podemos saber se haja ouro nem prata, nem nenhuma cousa de metal, nem...muito bons ares, assim frios e temperados, como os d'entre Douro e Minho, porque n'este tempo de agora assim os achávamos como os de lá; as aguas são...
Visualização completa - Sobre este livro

Feriados do Brasil, Volume 2

Carlos Xavier Paes Barreto - 1926
...haja ouro nem prata, лет nenhuma cousa de metal, nem de ferro, nem Ih'o vimos ; porém a térra em si é de muito bons ares, assim frios e temperados, como os d'entre Douro e Minho, porque n'este tempo de agora assim os achavamos como os de la: as aguas sao...
Visualização completa - Sobre este livro

A literatura brasileira através dos textos

Massaud Moisés - 2000 - 607 páginas
...longa. Nela, até agora, não pudemos saber que haja ouro, nem prata, nem coisa alguma de metal ou ferro; nem lho vimos. Porém a terra em si é de muito bons ares, assim frios e temperados, como os de Entre-Doiro e Minho, porque neste tempo de agora os achávamos como os de lá. Águas são muitas;...
Visualização parcial - Sobre este livro

Fernando Collor: o discurso messiânico : o clamor ao sagrado

Olga Tavares - 1998 - 168 páginas
...Estado. Nela, até agora, não pudemos saber que haja ouro, nem prata, nem coisa alguma de metal ou de ferro: nem lho vimos. Porém a terra em si é de muito bons ares... Aguas são muitas: infindas. E em tal maneira é graciosa que, querendo-a aproveitar, dar-se-á nela...
Visualização parcial - Sobre este livro




  1. Minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Download do ePub
  5. Download do PDF