O Brasil: território e sociedade no início do século XXI

Capa
Editora Record, 2001 - 471 páginas
O Brasil brasileiro é hoje apenas letra de música. Em seu mais recente livro, O BRASIL: TERRITÓRIO E SOCIEDADE NO INÍCIO DO SÉCULO XXI, o geógrafo Milton Santos, em parceria com María Laura Silveira, mostra como deixamos a idéia de uma nação brasileira a cargo do mercado global: "o território brasileiro é o espaço nacional de uma economia internacionalizada," explica. O livro é o resultado de um projeto de pesquisa no qual o geógrafo e sua equipe trabalharam por vinte e cinco anos e derruba mitos nos quais estudiosos têm amparado suas teorias geográficas. Uma obra inovadora, principalmente por se recusar a ser um mero inventário, como os antigos livros sobre o assunto. Um marco de renovação da disciplina. Milton Santos usa o território como uma metáfora do que acontece no país. Da pobreza do Nordeste, passando pela inovação do Centro-Oeste até a importância econômica do Sudeste, o autor mostra que o indivíduo é condicionado pelo meio. A casa, o bairro, o percurso que faz, tudo isso molda sua forma de ver o mundo. Antes, o território era visto apenas como uma tela vazia, à espera da população para escolher as cores, escrever a sua história. "Hoje, o território finalmente é visto como também um ator,", analisa o autor. Em O BRASIL: TERRITÓRIO E SOCIEDADE NO INÍCIO DO SÉCULO XXI, Milton Santos mostra que o que se aprendeu e ensinou sobre geografia era equivocado. Com linguagem acessível, ele oferece uma visão globalizadora da realidade nacional, através de um de seus aspectos mais integradores: o próprio território. "O território de uma país é um fenômeno dinâmico que tanto pode ser usado a serviço das grandes empresas como em benefício da população," diz o geógrafo. O autor explica como, onde, por quem, por quê e, principalmente, para quê o território é usado. Sem nunca subestimar ou esquecer as diferenças entre suas regiões: "O território é um organismo vivo. A cidade, por exemplo, reage ao capitalismo de forma completamente diversa do campo." E ainda prevê mudanças nesse mecanismo, como um êxodo rural preocupante ainda nesta década. O BRASIL: TERRITÓRIO E SOCIEDADE NO INÍCIO DO SÉCULO XXI analisa como cada localidade acolhe as modernizações, cristaliza usos antigos e guarda novas racionalidades. Uma redescoberta do Brasil aos olhos de uma nova geografia, preocupada com as características sociais, históricas e econômicas de um povo em constante mutação. Milton Santos é geógrafo, professor emérito da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciência da Universidade de São Paulo e ganhador do Prêmio Internacional de Geografia Vautrin Lud em 1994. Como consultor da ONU, OIT, OEA e UNESCO, trabalhou junto aos governos da Argélia e Guiné Bissau e junto ao Senado da Venezuela. Milton Santos é autor de mais de quarenta livros e teve cerca de 300 artigos publicados em revistas científicas, em português, francês, inglês e espanhol. María Laura Silveira nasceu na Argentina e trabalha como pesquisadora do CNPq no Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo e como professora assistente na Universidad Nacional del Comahue (Argentina). "Uma prospecção sobre os caminhos que estão sendo abertos pelo uso do território." - O Estado de São Paulo "As 500 páginas da obra dissecam as especificidades do território brasileiro, mas usam como mediação o homem: o como, porquê, para quê e onde da interação dele com o espaço geográfico." - Folha de S. Paulo

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Outras edições - Visualizar todos

Informações bibliográficas