Semiose segundo C.S. Peirce

Capa
EDUC, 2004 - 207 páginas
0 Resenhas
Explorando área que permanece vastamente desconhecida, a semiótica de Charles Sanders Peirce, João Queiroz investiga o legado conceitual, a lógica peirceana, além de apresentar um estudo semiótico da comunicação animal, fundada em fatos da neurobiologia e da etologia. Constitui obra indispensável para o pesquisador da filosofia de Peirce, do pragmatismo, das ciências cognitivas e da semiótica em seu sentido mais amplo.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Informações bibliográficas