A negação da morte

Capa
Record, 1995 - 301 páginas
6 Resenhas
Livro ganhador do Prêmio Pulitzer de Não Ficção Geral de 1974. De todas as inquietações que movem o ser humano, a mais forte e determinante é o medo da morte. O Temor, que o acompanha desde que assomam em sua mente as primeiras noções do mundo, é a mola mestra de quase todas suas atividades, assim como a principal fonte de angústia. ERnest Becker baseia- se, entre outros, em Freud, Jung e Rank para abordar o problema da mente vital - a tendência humana de reprimir o reconhecimento da mortalidade. A Negação revela-se a fonte inequívoca de grande parte do comportamento ocidental moderno, assim como de seus problemas. Ganhador do prêmio Pulitzer de 1974, A negação da morte é o resumo das principais correntes da psicanálise pós-freudiana. ERnest Becker, renomado Ph.D Em antropologia, conseguiu unir a perspectiva psicológica a uma visão mítico-religiosa, em uma obra que mantém o vigor mais de 30 anos após a publicação. BEcker faleceu dois meses antes da entrega do Pulitzer. O Enorme legado do autor começou a ser reconhecido apenas após a premiação. HOje, a sua obra é estudada, pesquisada e ensinada em todo o mundo.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Avaliações de usuários

5 estrelas
4
4 estrelas
1
3 estrelas
1
2 estrelas
0
1 estrela
0

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

p 12, p13

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

marcos morte

Informações bibliográficas