O manifesto do altruísmo: Questionamentos políticos, sociais e filosóficos sobre o individualismo e a necessidade do coletivo

Capa
Elsevier Brasil, 23 de nov de 2012 - 232 páginas
Um quarto da humanidade vive na extrema pobreza; Em torno de um bilhão e meio de homens, mulheres e crianças dispõem apenas de um teto, sobrevivem em condições de higiene inacreditáveis, passam fome ou ainda sofrem de graves doenças que poderiam ser prevenidas ou curadas; Em face dessa assombrosa injustiça, outra questão se mostra urgente: o estado do planeta, com seus recursos hoje reconhecidamente finitos, e uma superexploração que começa a evidenciar sérios problemas; Partindo dessas questões, Phillipe Kourilsky apresenta os conceitos de liberdade e de altruísmo, fazendo com que o leitor reflita sobre de que forma podemos entender esses conceitos e perseguir posturas mais altruístas - uma forma efetiva de mudarmos uma realidade tão assombrosa; O autor faz uma crítica à ideia de liberdade do mundo ocidental, considerando que ela traz como consequência as inúmeras injustiças sociais que presenciamos; Kourilsky evidencia que a ideia equivocada de que liberdade, associada a um direito sem qualquer dever individual e fomentada pelas nossas instituições políticas, econômicas e sociais, pode ser a causa de tantas injustiças; Dessa forma, sugere soluções que se baseiam na única proposta que constitui o aspecto central deste manifesto: precisamos optar pelo altruísmo; Para examinar as condições de comprometimento que ela exige e suas consequências práticas, o autor investiga dois caminhos: o primeiro segue um método de reflexão individual destinado a estruturar melhor as tomadas de decisões pessoais, e o segundo, estuda as condições coletivas, levando em conta o altruísmo nos setores públicos, a fim de melhorar a justiça social; Esta leitura nos levará à compreensão de que apesar de os problemas globais nos parecerem distantes, eles, de muitas maneiras, nos dizem respeito: frente às dificuldades do mundo, cada um de nós é de fato responsável;

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Informações bibliográficas