Protesto e o novo romance brasileiro

Capa
Civilização Brasileira, 2000 - 462 páginas
Estuda a literatura basileira conteporânea, atendo ao fato que cada romance traz (ou não) à novelística nacional, e abordando um tema que contaminou quase todos os autores nos últimos 30 anos: o protesto.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Outras edições - Visualizar todos

Informações bibliográficas