Notação Do Movimento:

Capa
3 de nov de 2007 - 151 páginas
Esta obra é uma continuidade do estudo a cerca da Notação do Movimento na área da Dança, iniciado com a obra “A Escrita da Dança: a notação do movimento e a preservação da memória coreográfica”, publicada em 2008. Notação coreográfica é o registro escrito de obras de dança. Notadores treinados utilizam sistemas de notação para “escrever” movimentos de dança. Com estes registros escritos, coreógrafos podem ler este tipo de notação e replicar uma peça de dança. É o mesmo conceito de leitura de uma partitura de música. Um compositor escreve a música e, em seguida, uma pessoa pode executar a música, seguindo as notas na partitura. Mas há um grande problema com as notações de movimento. Elas são muito difíceis de aprender e muito poucos coreógrafos utilizam esta metodologia para preservar suas peças de dança ou remontar performances documentadas. Isso significa que esses sistemas, exemplo de Labanotation e Benesh, são usados por um pequeno grupo de “notadores” e apenas um pequeno grupo de obras são devidamente documentadas e preservadas ou mesmo, posteriormente, executadas. Temos na notação do movimento três grandes problemas não encontrados hoje na notação musical: tecnologia (softwares), proteção de direitos autorais e, conseqüentemente, mercado de trabalho. O ponto primordial, acreditam alguns profissionais da área, é que enquanto a dança não tiver um sistema de notação universalmente utilizado e aceito que seja fácil de aprender, usar e ler por bailarinos, coreógrafos e companhias de dança, esta arte será privada de importantes avanços e crescimento criativos transformadores no aprendizado (educação) e na carreira (profissão) de seus profissionais.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Informações bibliográficas