Um sonho no caroço do abacate

Capa
Global Editora, 1995 - 75 páginas
3 Resenhas
Esta história é um manifesto contra sentimentos e emoções pré-concebidas e, em especial, o preconceito contra judeus e negros. O autor traz à tona o tema do estranhamento do diferente, a incapacidade de aceitação, pela sociedade, daquele que foge dos padrões sociais e culturais estabelecidos como 'normais'. Mardo, um judeu, e Carlos, um negro, discriminados, lutam para ficar amigos e serem aceitos no colégio e nas respectivas famílias. A mãe de Mardo, judia, ao imigrar para o Brasil, deixa na Rússia um sonho de infância - o de comer abacate. Fruta cara, inacessível, o abacate representa o sonho improvável de liberdade, felicidade, conquista e esperança.

De dentro do livro

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

muito bom ♥♥♥♥

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

Li este conto na minha pre adolescência e me marcou, por sua história tão linda e de simples compreensão. Amei de verdade!

Conteúdo

Seção 1
9
Seção 2
21
Seção 3
24

6 outras seções não mostradas

Outras edições - Visualizar todos

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas