Rasgada

Front Cover
Ana Rüsche, Nov 3, 2016 - 82 pages
0 Reviews
Rasgada já possui no título a agressividade a que se propõe. E também os excessos. Poesia de ação, com muitos verbos, flashes, cenas, cores e personagens. Os eu-líricos como reconstruções de figuras que habitam a metrópole, desde a trágica personagem da Menina das Marionetes aos melodramas banais mais desesperados, entremeados a lugares comuns da politicagem, o desemprego, a nostalgia dos dias seguintes.
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Common terms and phrases

Bibliographic information