Qualidade de vida do idoso: elaboração de um instrumento que privilegia sua opinião

Capa
2000 - 252 páginas
0 Resenhas
Longevidade pode resultar em sobrevida marcada por incapacidades e dependência. Desde 1975, avaliações de qualidade de vida vêm sendo incorporadas às práticas do Setor Saúde, com um grande número de instrumentos, pouco construídos para idosos. No Brasil, os estudos expandiram-se em 1992, sendo raros com essa população. Daí a conveniência de se criar um instrumento que meça a qualidade de vida de idosos, valorizando a opinião dos mesmos. Fundamentalmente, delinearam-se procedimentos para elaboração do instrumento, com base em metodologia consagrada, com adaptações. Como etapa inicial, adequou-se lista de ítens, gerada a partir da experiência clínico-epidemiológica do autor e de revisão de outros questionários. A lista final de ítens será obtida através de dois métodos: Impacto Clínico e Análise Fatorial.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Informações bibliográficas