Parábola do Cágado Velho

Capa
Publicações Dom Quixote, 1996 - 183 páginas
1 Resenha
Nesta obra, Pepetela se utiliza dos antigos mitos angolanos para criar uma história de amor num cenário de lutas em que, mesmo sem fazer referências a períodos históricos específicos, podemos acompanhar as guerras em Angola - tanto a revolução pela independência quanto a disputa fratricida entre Unita e MPLA - através dos olhos de personagens camponeses. 'Parábola do cágado velho' mostra que a mistura de culturas em Angola não se dá apenas nos grandes centros urbanos e busca revelar a verdadeira identidade angolana. O livro, que levou sete anos para ser escrito, se estrutura como uma epopéia moderna de Angola, na qual os feitos heróicos e o ufanismo, naturais do gênero, deixam a cena em favor dos sofrimentos e da resistência dos homens do campo.

De dentro do livro

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Conteúdo

Seção 1
11
Seção 2
15
Seção 3
19
Direitos autorais

7 outras seções não mostradas

Outras edições - Visualizar todos

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas