Os sentidos do trabalho: Ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho

Capa
Boitempo Editorial, 26 de out de 2015 - 264 páginas
1 Resenha
Em Os sentidos do trabalho, Ricardo Antunes demonstra que a sociedade do trabalho abstrato possibilitou, por meio da constituição de uma massa de trabalhadores expulsos do processo produtivo, a aparência da sociedade fundada no descentramento da categoria trabalho e na perda de centralidade do ato laborativo no mundo contemporâneo. O autor também alerta, porém, para o fato de que o entendimento das mutações em curso no mundo operário nos obriga a ir além das aparências. Ao fazer isso, lembra que o sentido dado ao trabalho pelo capital é completamente diverso do sentido atribuído pela humanidade.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

Gostar do que faz é mais que realização é qualidade de vida. Estar onde gosta e fazer oque gosta é gratiticante

Outras edições - Visualizar todos

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas