O Caçador de Pipas

Capa
Editora Nova Fronteira, 2005 - 365 páginas
177 Resenhas
'O caçador de pipas' conta a história de Amir, um afegão há muito imigrado para os Estados Unidos, que se vê obrigado a acertar as contas com o passado e retorna a seu país de origem. O ponto de partida do livro é a infância do protagonista, quando Cabul ainda não era a capital do país que foi invadido pela União Soviética, dominado pelos talibãs e subjugado pelos Estados Unidos.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Avaliações de usuários

5 estrelas
142
4 estrelas
21
3 estrelas
9
2 estrelas
3
1 estrela
2

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

O caçador de pipas é um livro do autor afegão Khaled Hosseini, este que, assim como o menino "Amir" do livro, nasceu no Afeganistão e depois foi morar nos Estados Unidos.
Conta a história dos meninos
Amir e Hassan, que viviam numa mesma casa, sendo o primeiro rico e o outro pobre. Isto mesmo, viviam numa mesma casa, porém, Amir, que era filho do empresário "Baba", habitava na área chique da casa, enquanto que Hassam, filho do empregado da família, morava nos quartos do fundo com seu pai.
Porém os dois eram muito amigos. Saiam para brincar juntos, Amir, que sabia ler, lia livros para Hassam e também participavam dos campeonatos de Pipas em parceria. Nestes campeonatos, Amir empinava a Pipa, enquanto que o Hassam, que eram muito bom nisso também, era ainda melhor para encontrar as pipas cortadas durante a batalha.
Entre as partes que mais me chamaram atenção no livro está o relacionamento de Amir com Hassam, que é marcado por muito apresso e fidelidade por parte do colega mais pobre, e por outro lado, fraqueza e mentira pelo lado de Amir. Por esse motivo, os dois acabaram se separando e posteriormente, Amir se muda pra os Estados Unidos com seu pai Baba. Anos depois, volta para o Afeganistão e descobre que o seu melhor amigo e sua esposa foram mortos pelos Talibãs. Porém Eles deixaram um filho que se encontrava em um orfanato num lugar de Cabul. Amir começa então uma luta para conseguir a adoção deste menino para assim, diminuir um pouco da culpa que ele carregava por não ter agido de forma honesta com o seu melhor amigo de infância, que ainda por cima, acabara de descobrir que era seu irmão por parte de pai.
O caçador de pipas é um livro de fácil leitura, porém é muito extenso. Passei uns dois meses para lê-lo, pois também me ocupava com outras tarefas de leituras. O melhor da história acontece durante o discorrer do livro. Mas, de forma geral, é um bom livro que vale apena ler, pois além de conhecer a história destes meninos, que por sinal é baseada em fatos reais, dá para conhecer, também, um pouco da história do Afeganistão, da segunda metade do século XX e início do século atual.
 

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

otimo

Todas as 10 resenhas »

Informações bibliográficas