Moradores de rua: uma questão social?

Capa
FAPESP, 2006 - 292 páginas
2 Resenhas
Este livro pretende apreender, comparar e analisar as representações sociais que fundamentam os preconceitos positivos e negativos em torno do morador de rua, sustentando-se sobre dois pilares fundamentais - as representações da sociedade acerca do problema dos moradores de rua e o tratamento institucional e individual que lhes é concedido, tendo a hipótese diretriz de que, quanto maior o preconceito negativo em relação ao morador de rua, menor seria a possibilidade de ele ter reconhecida sua cidadania.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Outras edições - Visualizar todos

Informações bibliográficas