Memórias de um suicida

Capa
Federação Espírita Brasileira, 1958 - 568 páginas
5 Resenhas

De dentro do livro

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Avaliações de usuários

5 estrelas
5
4 estrelas
0
3 estrelas
0
2 estrelas
0
1 estrela
0

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

Memórias de um Suicida foi transmitido mediunicamente à autora Yvonne A. Pereira pelo espírito de Camilo Cândido Botelho, que havia sido em vida na Terra, um escritor que se suicidou ao ficar cego. É desta forma que se desdobra as descrições e considerações dos sofrimentos que um espírito suicida enfrentou ao se desprender dos laços físicos da matéria e encontrar no plano espiritual uma vida e um remorso que jamais esperava ter que lidar.
Este livro é uma leitura obrigatória para todas as pessoas que tem interesse em estudar o espiritismo e se aprofundar nas causas e consequências que um suicido pode trazer para um espírito nesta ou em outra vida.
---
Uma frase: “Aprendi, porém, a respeitar a ideia de Deus, o que já era uma força vigorosa a me escudar, auxiliando-me no combate a mim mesmo.”
---
Por: http://dicadelivro.com.br/
 

Conteúdo

Introdução
7
Prefácio da segunda edição
13
Os réprobos
31

14 outras seções não mostradas

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas