Livros Demais!

Capa
Summus Editorial, 2004 - 111 páginas
Atualmente publicam-se um milhão de títulos por ano, com tiragens de milhares de exemplares. Segundo o autor, livros demais são um fato central para entender o problema do livro hoje em dia. Questionando diagnósticos e remédios convencionais, trata-se de uma análise altamente original da situação em que leitores, autores, editores, livreiros, bibliotecários e professores se encontram atualmente.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

O escritor e poeta mexicano Gabriel Zaid debate, em prosa "provocadora e bem humorada", toda a problemática da intensa produção editorial e suas conseqüências no mundo do leitor. Empreende, de forma irônica e sagaz, a difícil (na verdade impossível) tarefa do leitor de abarcar o conhecimento produzido pelas editoras, seguido pelas dificuldades enfrentadas pelo editor, livrarias e pelo autor (venda, compra, distribuição, livreiros e sobre o próprio livro). Em fim, como essa imensa cadeia da indústria editorial afeta todos os caminhos que o livro percorre.
É uma leitura agradável com críticas pontuais apropriadas que nos fazem refletir sobre a acessibilidade, a ação dos profissionais que lidam com esse objeto tão amado por muitos que tem a força de provocar revoluções sociais, mudanças pessoais, mesmo em seus diferentes suportes.
 

Páginas selecionadas

Conteúdo

Apresentação
7
Queixas sobre Babel
25
Cultura e comércio
43
O fim do livro
61
Um cilício para escritores masoquistas
77
Diversidade e concentração
105
Direitos autorais

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas