Ilhas de Hist—ria

Capa
Jorge Zahar Editor, 1987 - 218 páginas
Este livro traz uma reunião de ensaios do autor sobre sociedades insulares - Havaí, Fiji e Nova Zelândia. Com erudição e ironia, suas reflexões são uma crítica à história e antropologia ocidentais, cujo pensamento acadêmico cria falsas dicotomias entre passado e presente, estrutura e história, indivíduo e sociedade.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

Crítica a Radcliff-Browm estrutural funcionalismo - as regras são fundamentais à sociedades.
O autor tenta fugir do estrutural funcionalismo e usa-a para demonstrar as estruturas descritivas podem ser trocadas por performativas
Enfase ao lado erótico, mas extremamente organizada.

Outras edições - Visualizar todos

Informações bibliográficas