Florestan: sociologia e consciência social no Brasil

Capa
EdUSP, 1995 - 235 páginas
0 Críticas
O autor reconstitui a história pessoal, acadêmica, intelectual e política de Florestan Fernandes, mostrando a riqueza de sua contribuição enquanto cientista social e militante político, ao discorrer sobre o conteúdo e o significado de suas principais obras. Destaca o compromisso de Florestan Fernandes com as questões sociais do país e o importante papel que teve na formação de quadros da USP e na consolidação da chamada 'escola sociológica de São Paulo', da qual o autor participou.
 

Opinião das pessoas - Escrever uma crítica

Não foram encontradas quaisquer críticas nos locais habituais.

Índice

Florestan Fernandes
13
Retratos de Florestan
23
O professor Florestan Fernandes e nós
33
A morte de Florestan Fernandes e a morte da memória
43
ciência e política uma só vocação
55
Vida e história na sociologia de Florestan Fernandes
87
Florestan Fernandes e Henri Lefebvre Reflexão
97
Os Parceiros do Rio Bonito e a sociologia na Universidade
109
Sociologia e militância Alfredo Bosi entrevista José
145
Direitos de autor

Outras edições - Ver tudo

Palavras e frases frequentes

Referências a este livro

Informação bibliográfica