Filosofia para quê?: a importância do pensamento filosófico para reflexões atuais

Capa
Editora Dialética, 26 de nov. de 2020 - 188 páginas
Diante do cenário atual brasileiro no qual a disciplina de Filosofia não é mais obrigatória no currículo da Educação Básica e tendo em vista a maneira como os estudantes, pesquisadores e professores não só de Filosofia, mas das Ciências Humanas, vem sendo menosprezados pelo governo atual, tornou-se (ainda mais) necessário apresentar para que serve então a filosofia e como essa não se separa do cotidiano, de questões políticas ou sociais e, principalmente, da vida. A filosofia, que significa a busca pelo saber, pode nos ser apresentada como uma chave para abrir os portões do pensamento e nos levar a perguntar o não perguntado ou o não respondido, a questionar sem medo e, quem sabe, para trazer às luzes das tantas verdades o que estava escondido na escuridão da caverna. Filósofos são aqueles que auxiliam, como uma parteira, o nascer das ideias, mas que antes que a ideia nasça, que a ficha caia, que a consciência-de-si se apodere do sujeito, esses amigos do saber (os filósofos), de modo provocativo, fomentam o diálogo e promovem reflexões para que o próprio sujeito apreenda a verdade por si mesmo. Aqui apresentamos algumas provocações filosóficas que buscam refutar as teses daqueles que agem contra o pensamento crítico e contra a autonomia dos sujeitos.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Conteúdo

Seção 1
Seção 2
Seção 3
Seção 4
Seção 5
Seção 6
Seção 7
Seção 8
Seção 9
Seção 10
Seção 11
Seção 12
Seção 13
Seção 14
Seção 15
Direitos autorais

Informações bibliográficas