Ficção, comunicação e mídias

Capa
Editora SENAC São Paulo, 2001 - 128 páginas
1 Resenha
A autora mostra como o homem desenvolveu a ficção como uma forma indireta e peculiar de situar-se diante da realidade com o estímulo da imaginação e do devaneio. Neste livro, são abordadas as grandes narrativas ficcionais que assinalaram a cultura moderna, como 'As mil e uma noites' e 'Madame Bovary' , e as duas eras midiáticas , caracterizadas por tranformações na relação dos homens com a realidade.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Outras edições - Visualizar todos

Informações bibliográficas