Fator Humano, O

Capa
FGV Editora, 1997 - 101 páginas
1 Resenha
Em geral, à noção de fator humano está associada a idéia de erro, falha cometida por operadores etc., como vemos nas análises de catástrofes industriais, acidentes com petroleiros ou aviões, bem como em processos em curso na Justiça ou nas 'comissões de sindicância'. Essa concepção apóia-se tanto em uma confiança absoluta na técnica quanto em certo desconhecimento das ciências humanas e do trabalho. Analisando os principais progressos que vêm sendo realizados nesse campo, o autor mostra que, na análise da complexidade humana e de seu comportamento no trabalho, não se podem esquecer aspectos de natureza ética e política, essenciais tanto para o respeito à condição humana quanto para o desenvolvimento da empresa. Christophe Dejours é doutor em medicina e psiquiatria, especialista em medicina do trabalho, ergonomista e diretor do Laboratório de Psicologia do Trabalho do Conservatório Nacional de Artes e Ofícios de Paris.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Conteúdo

Apresentação
7
Identificação dos pressupostos teóricos nas duas orientações
21
Antropologia das técnicas e crítica dos pressupostos
34
Modelização Individual
49
PARTE 2
63
Ciências EmpíricoAnalíticas e Ciências
79
Epílogo Incidências da Análise Teórica
93
Direitos autorais

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas