Espelho infiel: o negro no jornalismo brasileiro

Capa
Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2004 - 189 páginas
O jornalismo e os jornalistas portadores do vírus do racismo e os que se julgam imunes a ele - eis o princípio criativo e estimulante que gerou os ensaios, artigos e notícias desse livro. Não é só a visão do 'jornalismo branco', mas aquele de todos os matizes - e a necessidade de mostrar ao jornalista seu desvio, aos jornais e revistas seus vieses - e esperar, lutando, por uma imprensa, um dia, isenta.

De dentro do livro

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Conteúdo

Seção 1
7
Seção 2
11
Seção 3
29

17 outras seções não mostradas

Outras edições - Visualizar todos

Referências a este livro

Informações bibliográficas