Entre paredes e bacamartes: história da família no Sertão (1780-1850)

Capa
Edições Demócrito Rocha, 2004 - 316 páginas
0 Críticas
'Entre paredes e bacamartes - História da família no sertão (1780-1850)' é um trabalho historiográfico que busca entender a família cearense entre os anos de 1780-1850. Para tanto, destaca duas dimensões pontuais associadas à vida familiar - domicílio e violência. Este livro é uma tentativa de entrever a família não como uma instituição pronta e acabada, mas como uma construção histórica num conjunto de circunstância que referendavam e negavam suas estruturas e significados.

No interior do livro

Opinião das pessoas - Escrever uma crítica

Não foram encontradas quaisquer críticas nos locais habituais.

Índice

Prefácio
7
Estrutura material e uso social do espaço
21
Representações do cotidiano familiar
87
Direitos de autor

5 outras secções não apresentadas

Outras edições - Ver tudo

Palavras e frases frequentes

Informação bibliográfica